Home Vagas de emprego 5 #vagas para deficientes físicos em Campinas

5 #vagas para deficientes físicos em Campinas

3 min read
0
Vagas para deficientes fisicos no grupo Casas Bahia
Vagas para deficientes fisicos no grupo Casas Bahia

O grupo Casas Bahia está com loja nova em Campinas, cidade mais rica do interior paulista. Oferecidas cinco oportunidades para deficientes físicos com experiência para os cargos de vendedor, analista de crédito / cobrança, caixa, auxiliar de limpeza e auxiliar do estoque.

Vendedor: O trabalho com regime CLT acontece em 8h20 diárias. Quem tem ensino superior possui vantagens consideráveis no processo seletivo. Experiência, médio completo e informática nível básico.

Analista de Crédito e Cobrança: O trabalho acontece em regime CLT, escala 6X1, para cada seis dias trabalhados, há um para descanso. São oito horas e vinte minutos no itinerário diário. Necessário ter disponibilidade de horário e informática em nível básico. Necessário no mínimo experiência de seis meses dentro da função. Somente são aceitos candidatos maiores de dezoito anos com ensino médio completo.

Caixa: Responsável por abrir e receber os pagamentos na operação, além de conferir e colocar a quantia recebia dentro dos cofres. Oferecido salário fixo em regime celetista, adicionado de benefícios salariais como auxílio educação, convênio médico e vale-transporte. Experiência de seis meses é imprescindível.

Auxiliar de limpeza: Maior de dezoito anos, experiência, disponibilidade de horário e médio concluído.

Auxiliar de estoque: Deve garantir as entregas das mercadorias aos clientes de acordo com as regras estipuladas pela empresa. Manter o estoque limpo organizado. Ensino médio completo e maioridade são dois requisitos solicitados pelo grupo. Desejável experiência.

Quem está interessado deve cadastrar currículo virtual dentro do site oficial do Grupo Casas Bahia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…