Home Procura de emprego A importância da carta de recomendação pessoal

A importância da carta de recomendação pessoal

4 min read
1
Uma boa carta de recomendação pode ajudar a conseguir um emprego

Diante da crescente competitividade do mercado de trabalho, cada experiência, atitude, conhecimento ou habilidade agregados, contam para que você tenha um bom desempenho na hora de sua avaliação. Apesar de pouco utilizada nas etapas inicias de uma seleção, a carta de recomendação pode ser um fator decisivo para a conquista de um novo cargo ou destaque profissional. A relevância desta carta vai além da pretensão de conseguir um emprego, pois apresenta um enfoque do candidato mais personalizado, baseando-se nas necessidades e características da organização.

Mas você sabe do que realmente se trata? Ou mesmo está a par de quem deve elaborá-la? Aponto aqui algumas dicas e sugestões para quem quer causar uma boa impressão e marcar pontos na hora de buscar um emprego.

Trata-se de um documento escrito por outra pessoa, que descreve as suas capacidades, justificando porque é você o mais indicado para aquele cargo. Ela tem como objetivo dar uma garantia ao entrevistador e também é uma maneira de confirmar as suas referências. Existem determinadas ofertas de trabalho que exigem uma ou mais cartas de recomendação, pois estas podem servir para apresentar o profissional – no caso de uma indicação, por exemplo.

Peça ao seu chefe ou empregador de seu antigo trabalho para escrevê-la. Mas tenha atenção à forma como pede à pessoa em questão. Se tiveram uma relação profissional próxima, em que ela saiba avaliar o seu trabalho e a suas capacidades pessoais e profissionais de forma justa, é uma mais valia. Você pode ajudá-lo a escrever a carta e destacar ou ressaltar pontos que seriam positivos para sua escolha, tais como: por quais motivos você deve trabalhar naquela empresa, porque seria valioso para a organização (suas características e experiências de trabalho).

Para ser efetiva, uma carta de recomendação deve focar a capacidade intelectual do candidato, seus hábitos de trabalho, suas habilidades sociais e, sobretudo, sua preparação acadêmica. No caso de esta não ter sido escrita de seu total agrado recuse-a cordialmente.

Geralmente ela contém necessariamente: o nome de quem será recomendado e de seu subscritor; a empresa e o cargo que desempenhou; aspectos positivos da pessoa recomendada; informações de contato além do cargo da pessoa que recomenda. Na internet podem ser encontrados diversos modelos de como devem ser elaboradas, em sites como tudobox.com. Uma boa recomendação é fundamental! Para tal, tenha uma excelente reputação sempre, e com isso conseguirá qualquer emprego que desejar.

Foto: Buscarempleo.es

One Comment

  1. Nara

    5 novembro, 2011 at 3:41 pm

    Posso enviar minha carta, juntamente com o currículo?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Carta para solicitar um aumento de salário

Quer pedir um aumento de salário? Normalmente quando chega este momento temos tendência a …