Home Formação A teoria e a prática no mercado de trabalho

A teoria e a prática no mercado de trabalho

4 min read
1
Formação é necessária, mas para encontrar emprego, a prática é mais importante que a teoria.

Na atual dinâmica do mercado de trabalho o mais importante para uma carreira não são as experiências que se têm ou o preparo acadêmico, mas sim, o que se faz com essas duas ferramentas. É primordial refletir sobre o que determinada vivência ou estudo agrega em sua carreira. Isso traz amadurecimento para o profissional.

Hoje, os estudantes que se candidatam a vagas de trainee, por exemplo, são muito bem preparados. Eles pensam na aplicabilidade do que aprendem na faculdade e com isso conseguem entender muito facilmente como funciona o mercado de trabalho.

Para entender tal relação, de um lado a prática é tida como técnica ou ação utilizada para resolução ou execução de alguma tarefa, ou seja, a famosa “mão na massa”, por outro lado, a teoria é vista como conceito intelectual, o conhecimento de algo propriamente dito.

Experiência é útil porque permite compreender mais rápido o que significa a vida corporativa e todo o dia a dia e rotina de um trabalho, é a chance de colocar em teste todos aqueles anos de esforço e dedicação em uma sala de aula ou biblioteca. Para aqueles que não estudam em faculdade de primeira linha ou que tiveram de trabalhar desde cedo, a experiência é uma grande vantagem para que desde de cedo a pessoa entre em contato com o sua possível profissão e desenvolva habilidades exclusivas.

Existem pessoas que passam anos em uma universidade, fazem um intercâmbio mas nunca tiveram a oportunidade de trabalhar em sua área. Fazer um estágio quando se está na faculdade pode ser um grande diferencial. Muitos, que não tiveram uma experiência profissional anterior podem encontrar dificuldades para conseguir uma colocação no mercado. Uma outra opção, pode ser candidatar-se às vagas de trainee ou buscar posições em companhias de menor porte antes de concluir seus estudos.

Apesar de tanto experiência quanto aprendizado acadêmico serem fundamentais para a um bom profissional, cada carreira traça o perfil do profissional mais procurado. Em economia, por exemplo, a formação continuada, ou seja, pós-graduação, mestrado e doutorado são essenciais para quem quer se destacar. Nessa carreira é necessário um perpétuo desenvolvimento, porque as mudanças do cenário econômico precisam ser acompanhadas todos os dias muito bem de perto.

Em resumo, todas as ocasiões onde as necessidades superem os recursos disponíveis é preciso se buscar um certo equilíbrio. Assim, chegamos à conclusão de que é indispensável para qualquer profissão a experiência que cada pessoa acrescenta à teoria. Este ajuste transforma, inclusive, o trabalho em algo que vale a pena, de profunda utilidade e grande valor.

Foto: EOI Escuela de Organización Industrial no Flickr

One Comment

  1. Artie

    30 dezembro, 2017 at 9:18 pm

    É muito fácil descobrir qualquer assunto na web em comparação com
    livros, como encontrei esta publicação neste site.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Carta para solicitar um aumento de salário

Quer pedir um aumento de salário? Normalmente quando chega este momento temos tendência a …