Assédio moral

5 min read
0
Entenda o assédio moral
O assédio moral

Não são raras as pessoas que sofrem de assédio moral no ambiente de trabalho. O assédio é moral é um assunto muito sério caracterizado por alguma forma de abuso ou ofensa, ou mesmo ameaça que ocorre no ambiente de trabalho. Normalmente realizada de forma hierárquica, ou seja, de chefes em subordinados é mais comum do que se imagina e muitas pessoas sofrem caladas. Veja como evitar essas situações e como agir em momentos em que sofrer assédio moral.

O assédio sexual, assim como o assédio moral, já foi muito mais comum e muito menos conhecido e reconhecido. Quando um superior assediava um mulher no ambiente de trabalho por muito tempo foi considerado normal, quando não a mulher era colocada como culpada por estar vestida de forma inadequada ou por ser provocativa. No entanto, assim como no caso do assédio moral, o assédio sexual não deve ocorrer em nenhuma situação, ou seja, nenhuma atitude do subordinado dá direito ao seu chefe de ter atitudes caracterizadas como desses gêneros.

O assédio moral pode ocorrer de forma descarada ou mais sutil. Esse tipo de assédio está presente em uma ofensa, com ou sem motivos, em uma coação, em uma atitude que enfim, humilhe uma pessoa. Situações de humilhação podem ocorrer em diversos níveis e de diferentes formas, fique atento a sua situação e a de colegas e não se cale frente a violência, mesmo que apenas verbal.

Algumas pessoas tem gênios mais complicados, outras tem uma personalidade mais forte, e outras ainda são grosseiras por natureza. No entanto, nenhuma dessas características de personalidade justificam que no ambiente de trabalho uma pessoa humilhe a outra. Essas situações devem ser tratadas como uma violência e portanto serem inaceitáveis, só agindo assim mesmo em pequenos atos é que poderemos mudar a forma como a autoridade e hierarquia é vista no mundo coorporativo e fazer com que as pessoas compreendam que há limitem que não podem, de forma alguma serem ultrapassados.

O assédio moral constitui um grave problema e ele somente será combatido quando realmente as pessoas se derem conta de sua importância e tiverem coragem para realizarem denúncias até mesmo de atos menores. Qualquer forma de constrangimento não pode nem deve ser ignorada, assim como tratamentos sem respeito. É claro que há sempre o temor por sofrer retaliações, especialmente quando se precisa do emprego, mas isso não deve ser motivo suficiente para que o funcionário se cale frente aos desmandos do patrão. É possível processar e punir sim alguém que cometa assédio moral contra um funcionário e se utilize de sua posição dentro da empresa para legitimar o feito. Estar atento ao que acontece com você e com colegas e não se calar, seja por medo ou submissão imposta, são os primeiros passos para acabar com esse tipo de crime.

Foto: blog.majoriumbusinesspress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Saiba mais sobre franquias virtuais

As franquias virtuais, ainda não muito conhecidas no Brasil são uma forma cada vez mais po…