Home Mercado de trabalho Aumento do Emprego Formal na região Sudeste

Aumento do Emprego Formal na região Sudeste

4 min read
0
CAGED afirma um aumento do emprego na região Sudeste

CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) aponta: Houve crescimento no emprego formal dentro do país se for levada a média de todos os Estados reunidas na mesma conta. O sudeste representa principal fator positivo que elevou este resultado para 150.600 vagas de carteira assinada – grande parte do público feminino foi empregada na região.

Com a chegada da Copa do Mundo e das Olímpiadas este número promete aumentar. Três dos quatro estados do sudeste são sedes oficiais dos eventos esportivos. CAGED afirma que fevereiro demonstrou aumento do emprego formal nas metrópoles do Sudeste.

São Paulo: 55.745 postos, sinalizando 0,46% de crescimento entre janeiro e fevereiro. Está na liderança da geração de empregos do país em termos absolutos. Interessante notar que apesar do crescimento geral, houve queda apenas no trabalho oriundo da Agropecuária (-2.632).

A série ajustada, na qual estão contabilizadas todas as declarações atrasadas das empresas para o CAGED, demonstra crescimento de 87.049, ou + 0,72% na comparação dos dois primeiros anos.

São Paulo também liderou o ranking do reajuste por região – nos últimos dozes meses foi registrado aumento de 3,94% no emprego formal – aproximados 463 mil novos postos de trabalho. Setores que demonstraram maior índice de aumento foram:

Serviços / +30.715 novos postos de trabalho

Indústria de Transformação / +11.574

Administração Pública / + 8.454

Construção Civil / +5.102

Comércio / +2.170

Minas Gerais: Gerou 21.031 postos em fevereiro, 8.739 somente em Belo Horizonte. O Estado aumentou este índice para 0,52%, entre janeiro e fevereiro. Somados os dois primeiros meses do ano se totalizam 40.488 empregos, contando com acréscimos de informações prestadas fora do prazo, equivalentes a 1% do total.

Segunda posição no desempenho de toda região sudeste, perdendo apenas para São Paulo. Nos últimos dozes meses ocorreu aumento de 188.666 novos postos de trabalho / crescimento percentual: 4,86%.

Confira os setores que mais geraram empregos celetistas em Minas Gerais:

Serviços / +12.301

Construção Civil / + 5.871

Agropecuária / + 1.642

Indústria da Transformação / + 1.553

Administração Pública / + 912

Rio de Janeiro: 16.071, +0,55% entre jan. e fev. / 13.528 na Capital; Na série ajustada que contabiliza os dois primeiros meses deste ano foram contabilizadas 18.981 vagas. Entretanto, se levado em consideração período entre fevereiros 2011/2012 estão acumulados 195.053 postos. O comércio demonstrou queda em pleno mês do carnaval. Dois setores se destacaram:

Serviço / + 12.273

Construção Civil / + 7.736

Comércio / – 4.077

Fonte: Portal.mte.gov.br

Síntese do Comportamento do Mercado de Trabalho Formal; CAGED; Fev-2012. 

Foto: pdt.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…