Carta de pedido de aumento salarial

Avalie seu trabalho e faça com que seu bolso não permaneça estagnado

Carta de pedido de aumento salarial

Carta de pedido de aumento salarial

Sem dúvida alguma, o que nos leva a planejar a possibilidade de pedir um aumento salarial é a frustração de termos nossas contas bancárias sempre estáveis. Se o tempo passa depressa demais e você continua com seu bolso estagnado, saiba que é momento de parar e rever conceitos e práticas. Estou fazendo um bom trabalho? Trabalho muito, me falta tempo e mesmo assim não consigo chegar, satisfatoriamente, ao fim do mês com a parte financeira em dia? Será que meu trabalho vale, financeiramente falando, mais do que realmente eu tenho feito?

Se você, leitor, chegou à resposta sim em todas as questões anteriores, esteja certo que já está na hora de falar com seu chefe e pedir um aumento de salário. No momento em que os salários mais cobiçados fazem referência à grande e alta classe executiva e que o dinheiro que você recebe não é suficiente para fazer face às despesas com alguma parte para economizar, pedir um aumento salarial parece ser a tarefa que todos querem evitar, mas que às vezes torna-se absolutamente necessária e justa.

Antes de estar parado na frente de seu chefe para pedir o aumento salarial, você deve levar em conta que necessitará desenvolver um plano estratégico para evitar entregar um plano e receber um não exitoso, que acabe com a sua esperança e o desejo de voltar a solicitar o que seja preciso. Para isso é cabível que você siga alguns passos e sugestões que servirão na hora de negociar o aumento de salário.

Devemos apresentar razões bem fundamentadas

Devemos apresentar razões bem fundamentadas

Como primeira tarefa, antes de atingir a nossa missão, será analisar criticamente o nosso trabalho: como tem evoluído, se as nossas responsabilidades se expandiram e se a nossa tarefa resultou em melhorias na produtividade da empresa ou em qualquer âmbito em geral. Lembre-se que, em teoria, nosso salário ‘vai de mãos dadas’ com a lucratividade da empresa onde trabalhamos, com nossas responsabilidades e claro, com a eficiência do nosso trabalho. Portanto, se essas questões têm melhorado desde a última vez que em que se negociou nossa remuneração, também se faz justo que atualizemos o valor.

Outro ponto importante é verificar quanto estão ganhando os outros colaboradores, que desempenham funções similares a sua, em uma área e cargo similares, tanto da empresa onde trabalhamos quanto da concorrência e de todo o cenário corporativo (sindicatos, revistas especializadas, associações), para considerar até que número podemos chegar ao solicitar o aumento. Fazer esta pesquisa é imprescindível para que tenhamos uma boa base ao fazer a solicitação, porque se você não sabe, ao pedir um aumento de salário muito alto você estará colocando a máscara de pretensioso; e o mesmo acontece ao contrário, pedir um valor muito inferior pode mostrar que não valorizamos a nós mesmos ou que então nosso trabalho não é digno de ser mais financeiramente valorado.

Uma vez feita esta investigação, devemos elaborar um plano escrito, em que devemos enumerar todas as nossas atividades, produções e contribuições para a organização, anteriormente a ter uma reunião com o chefe. É fundamental valorizar-se e deixar claro por que você e não outra pessoa tem direito ao aumento salarial. Apresentar razões bem fundamentadas servirá para esclarecer e expôr de maneira qualificada as ideias, de forma ordenada e sem esquecer nenhum ponto importante.

O ‘como fazer’ vai depender da cultura de cada empresa, ainda que geralmente seja o mais correto e casual o cara a cara em um diálogo normal entre profissionais. A reunião para negociar o aumento salarial deve ser clara e objetiva, devemos marcá-la, desde o princípio, indicando objetivamente a razão da mesma e tendo a certeza que estamos nos reportando à pessoa correta para o devido tema, já que deve ser essa a pessoa responsável por tomar a decisão. Importante ter em conta que o processo de apresentar a documentação necessária para fortalecer os argumentos, bem como apresentar um plano ou projeto salarial sensato e por escrito, reforça a nossa postura e muito mais, transmite a imagem de responsabilidade e seriedade. Nunca esqueça de avaliar como está o humor do executivo responsável pela decisão!

Devemos pedir o tão desejado aumento salarial cautelosamente

Devemos pedir o tão desejado aumento salarial cautelosamente

Finalmente, quando encontrarmos o momento adequado (que é diferente de empresas que estejam passando por um momento economicamente difícil) para pedir o tão desejado aumento salarial, cautelosamente, podemos nos dar ao luxo de fazer uma solicitação levemente mais alta do que acreditamos que seja pertinente, pois com essa estratégia estaremos eliminando o risco de que o gestor baixe algum fator em nosso pedido. Igualmente estaremos negociando a quantia que acreditamos ser correta. E se por um acaso o plano for recusado, é interessante ter sempre um plano B (alternativo): aumento com relação às bonificações – ticket alimentação, cursos de idiomas, ajuda no transporte, entre outros. O objetivo não pode ser perdido, e se estamos convencidos da nossa dedicação ao cenário laboral não devemos aceitar sair da reunião de mãos vazias.

Se desejamos que tudo ocorra da melhor forma possível, evite erros e táticas comuns que jamais devem ser empregadas. Um exemplo real de equívoco seria o de ameaçar a proposta dizendo que sairá da empresa para ir a outra. Jogar com contraofertas não é efetivo, bem como mostrar-se bravo ou não ter motivos e razões suficientes para encaminhar a solicitação. E não há nada que irrite mais um chefe do que aquelas pessoas que comparam sua remuneração com os dos outros funcionários da empresa, portanto mantenha a sua postura profissional. Enfim, se recebemos o aumento salarial solicitado, não devemos divulgá-lo para toda a empresa, outro código de ética que deve ser respeitado.

Prezado Sr. Silva,

Como já é de seu conhecimento, trabalho como secretária nesta empresa há 2 anos. Durante esse período, dois colaboradores deixaram a empresa e apenas um foi substituído. Uma dessas pessoas era a minha supervião direta. Como eu fui a colaboradora que mais recebi formação e treinamento, acabei assumindo a maior parte das responsabilidades e entre elas o treinamento de incorporação de novos funcionários, além de continuar encarregada das minha tarefas rotineiras. Por isso muitas vezes necessito ficar além do expediente ou até mesmo levar trabalho para a casa, sem receber nenhum pagamento extra para isso.

Gosto do meu trabalho e das novas responsabilidades, estou muito satisfeita. A satisfação seria maior ainda se fosse reconhecida pelos meus superiores. Portanto, gostaria que fosse reconsiderada minha promoção do meu atual salário.  Tenho a plena consciência do que exige meu novo cargo e sei que estou apta às tarefas que ele exige e tenho cumprido-as de uma forma eficiente.

Agradeceria se o senhor me informasse sobre a minha posição e avaliasse se está ou não de acordo com minha argumentação. Tenho disponibilidade para conversar sobre o assunto nas próximas semanas.

Atenciosamente,

Assinatura

Maria dos Santos

Leia mais sobre: 

Foto: my.opera.com/memirrianoide/blog/
Foto 2: tuportalyoutube.blogspot.com.es
Foto 3: prosperar-info.blogspot.com.es

Aqui va el codigo

Deixe uma resposta

*