Home Dicas para o trabalhador Como atender a imprensa em época de crise?

Como atender a imprensa em época de crise?

4 min read
0
Veja algumas dicas para atender a imprensa durante uma crise.

Hoje em dia, em um mundo tão competitivo, qualquer grande empresa está suscetível à crise que pode surgir mesmo executando um bom trabalho.  A imprensa na fobia pela informação pode destruir o investimento eternamente. Para que isso não ocorra é necessário apreender a lidar com jornalistas e canais de comunicação mesmo quando se está em crise, use a imprensa a seu favor. Aprenda alguns passos básicos de como atender a imprensa estando em época de crise.

O primeiro passo é não fugir dos jornalistas. Estar disposto a atender as redações que almejam verificação, mesmo que estas enfoquem aspectos negativos, demonstra que a empresa possui iniciativa. Esteja sempre atento com as investigações internas do empreendimento, caso aconteça alguma coisa errada, seja o primeiro a informar a situação para a imprensa, antecipe as ações da mesma. É melhor passar a imagem de colaborador que pretende resolver o problema rapidamente do que ficar calado diante problemáticas de grande amplitude que podem gerar diversos boatos negativos, evite-os.

Faça um grande levantamento sobre o problema: números, estatísticas, dados, informações atuais. Redija um texto informativo que descreva a situação, deixe bem explícito os tipos de providências que serão tomadas pela empresa. As palavras alarmistas devem ser evitadas, normalmente elas ampliam a problemática. Utilize no máximo duas laudas (páginas) que devem ser divulgadas na WEB e entregues aos jornalistas especializados.

Estude os conceitos pela internet ou procure urgentemente algum serviço de mídia training normalmente realizados por assessores de imprensa já renomados ou agências de comunicação. O treinamento deve ser realizado sobre o respectivo assunto. A ajuda especializada facilita a relação com os formadores de opinião até mesmo por julgamentos de realidade ou de valor.

De certo que um jornalista saberá qual é o melhor caminho para responder as prováveis perguntas futuras, por isso, esteja preparado previamente, melhor prevenir do que remediar. Conceda entrevistas exclusivas para a maioria dos grandes veículos e se possível convoque entrevista coletiva.

Tenha sempre em mente que os comunicadores não são os inimigos que vão afundar ainda mais sua empresa. Nunca se sinta constrangido ou tenha medo de atender os jornalistas que estão ávidos por novas informações. Use a imprensa a seu favor, ao invés de fugir dela, se alie com a mesma em busca de uma solução prática. Coloque os formadores de opinião definitivamente no sua network.

Mesmo os que não estão em crise devem seguir a cartilha. É sempre bom estar preparado com elementos que evidenciam a credibilidade jornalística, ela é essencial para obter o tão desejado êxito comunicacional para escapar da crise e alcançar manchetes positivas.

Foto: Presidencia de la República del Ecuador no Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…