Home Dicas para o trabalhador Como cuidar da carreira profissional

Como cuidar da carreira profissional

4 min read
1
Dicas para cuidar o crescimento profissional e fazer um plano de carreira
Dicas para cuidar o crescimento profissional e fazer um plano de carreira

Com o desemprego em alta existe grande necessidade de cuidado com a trajetória do currículo. Hoje em dia, fazer apenas alguns cursos técnicos ou acadêmicos e encontrar trabalho na área não simboliza aspectos fundamentais que garantem de forma vitalícia a empregabilidade. Procurar constante aprimoramento profissional e realizar leitura acadêmica, pontos indispensáveis não somente àqueles que almejam crescer profissionalmente como também aos que desejam permanecer no posto de trabalho. Confira algumas dicas sobre como cuidar da sua carreira profissional.

Especialistas indicam que não existe caminho certo para todas as demandas. Cada pessoa possui um perfil com perspectivas diferentes. Todos precisam trajar objetivos em curto, médio e longo prazo, principalmente no aspecto fundamental. Profissionais que não possuem metas definidas correm sério risco de ficarem desmotivados durante as jornadas no trabalho, prejudicando explicitamente todo setor produtivo e trabalho em equipe.

Bem sucedido:

A imagem de ser bem sucedido está muito ligada com carreiras profissionais. Existem muitos pensamentos antagônicos sobre o que é bom: Dinheiro, boas condições de trabalho, localidade, promoção, trabalhar na área, entre outros. Este aspecto deve estar evidenciado nos objetivos profissionais. Pense quais são os elementos indispensáveis para sua vida e comece a trabalhar no desenvolvimento.

A decisão para o próximo passo está relacionada com inúmeros aspectos. Os trabalhadores que possuem dependentes devem sempre tomar extremo respaldos diante as mudanças profissionais, pois qualquer erro ocorrido no processo transição pode ser prejudicial à própria carreira.

Interferência da empresa:

Algumas empresas interferem na formação dos seus profissionais. Existem funcionários que apreciam a ideia de estímulo profissional, já outros acham que esta representa interferência explícita na autonomia dos estudos. Normalmente este fato está ligado com campo de atuação e formação acadêmica.  Quando empresas não correspondem demandas profissionais, inclusive nos estudos, o melhor caminho é procurar outra organização que satisfaça esta demanda, ou que não interfira neste ponto.

Crises:

Pode ocorrer período de crises provindas tanto do funcionário como da empresa. Nestes momentos, trabalhadores precisão fazer uma reflexão sobre quais são os seus objetivos relacionados com empresa e profissão. De certa forma, pode ser vistas positivamente, onde normalmente carreiras se encontram definitivamente.

Especialistas indicam que os objetivos profissionais precisam ser traçados desde o início da carreira profissional. Entretanto, poucas pessoas possuem a sorte de acertar logo no início. Durante a faculdade são ensinadas informações que muitas vezes podem ser consideradas utópicas no mercado atual. Estudantes precisam se comunicar com pessoas na área para diferenciar ficção de realidade.

Leia mais:
Bajulador no trabalho

Foto: allensima en Flickr

One Comment

  1. Vivian Santana dos Santos

    7 novembro, 2018 at 8:00 am

    Ótimo artigo! Parabéns!!
    Há 2 anos eu estava desempregada , conheci uma oportunidade de ter meu negocio próprio com baixíssimo investimento , trabalhando em casa e isso foi libertador , ter um salario digno, sem depender de patrões e reaver minha independência financeira! Se quiser conhecer esse trabalho fantástico que me “trouxe de volta” acesse: http://www.frpromotora.com/45498818

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…