Home Entrevista de emprego Como enviar e-mail profissional (Parte II)

Como enviar e-mail profissional (Parte II)

4 min read
0
E-mail profissional
Regras finais para enviar e-mails profissionais
No primeiro artigo ficou evidenciado que todos os detalhes são importantes no momento de enviar o e-mail que busca oportunidade profissional e ingresso qualitativo ao mercado de trabalho que está a cada dia mais exigente. A escolha do endereço de e-mail possui importância fundamental, sendo dispensáveis os termos pejorativos. Atenção ao conteúdo também representa ponto fundamental, principalmente com o emprego dos termos modernos. A mensagem precisa ser clara e objetiva. Confira as regras finais para enviar e-mails profissionais e conquistar vantagem no processo de seleção.

1: Cuidado com a Exclamação

Um dos pontos que mais estressam os recrutadores de vagas está no excesso de exclamação, que em tese representa que o emissor da mensagem esta zangado, muito irritado.

Alguns jovens enviam e-mails do gênero somente por causa da diferenciação estética, porém acabam sendo medidos de maneira negativa pelos receptores das mensagens profissionais. O conselho ideal é não utilizar nenhuma exclamação, visto que ela pode transmitir sinal de estresse e falta de controle para os recrutadores.

2: Campo de Assunto Preenchido

Com a globalização em alta os recrutadores possuem pouco tempo para analisar o alto número de currículos que chegam, em pouco tempo, para vagas diferentes. Não colocar absolutamente nada no campo do assunto é o mesmo que enviar currículo para lugar algum, visto que os receptores não abrem a mensagem, pensando que existe algum vírus uma vez que o e-mail a priori está sendo enviado por pessoas desconhecidas.

Utilize nomes singulares, como “Requerimento de estágio anexo”, ou “Recém-formado solicita contato”. Com estes termos os candidatos já saem ganhando em consequência do alo nível de profissionalismo empregado no contato inicial.

3: Conter a ansiedade

Um ponto que pode ser medido de maneira negativa por parte dos recrutadores está na solicitação de urgência, ou mesmo prioridade alta. Tenha em mente de que o receptor da mensagem não possui obrigação alguma em entrevistar todos os candidatos que simplesmente enviaram os currículos.

4: Não se esqueça da Revisão

Releia o quanto for necessário o texto no intuito de não deixar nenhum erro escapar aos seus olhos. Tenha em mente que todos os detalhes são importantes em processos de seleção. Verifique inclusive se o nome do destinatário está escrito corretamente, assim como a assinatura e nível acadêmico.

Por último é necessário deixar o nome do destinatário da mensagem para ter a certeza de que a pessoa certa vai receber o arquivo. Evite enviar mensagens instantâneas que não possuem relação com o trabalho.

Leia também: Como enviar e-mail profissional parte I

Foto: fortalezamarketing.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…