Como fazer carta de motivação para candidatar-se a uma bolsa?

Veja algumas dicas essenciais sobre como fazer carta de motivação para candidatar-se a uma bolsa de estudos

Confira dicas para fazer uma carta de motivação.

Todos os detalhes são importantes em candidaturas, principalmente quando o que está em cheque é o próprio futuro profissional. Existem grandes demandas por bolsas de estudo, desde para estudar no primário de colégios reconhecidos no ensino médio até candidaturas para estudar no exterior. Uma grande diferença que pode favorecer os candidatos dos mais diversificados processos de seleção relacionados com o campo educacional é a carta de motivação.

Cada instituição educacional possui pedidos diferentes. Normalmente existem indicações relacionadas divulgadas no próprio endereço eletrônico das instituições. Resenhas sobre o desejo acadêmico ou a respeito da carreira profissional são bastante requisitados. No entanto o objetivo é sempre o mesmo, ou seja: qual é o fator motivador da investidura?

• Motivação: Estar motivado é ponto essencial no conteúdo. Procure esclarecer tópicos relacionados com os desejos de estudo de forma bastante ordenada e relevante, debatendo cada ponto com bastante precisão.

• Compromisso: Em início de carreira os desafios são tendenciosamente mais complicados, comprometimento é sempre exigido nos cursos. Desistir é a pior coisa que pode existir neste âmbito, portanto somente seja candidato quando realmente tiver certeza do objetivo. “Estudar” e se “empenhar ao máximo”, duas sentenças que devem ser utilizadas nesta elaboração textual.

• Experiência anterior: De fato a maior parte deste conteúdo vai estar dentro do currículo. Neste sentido é necessário escrever agregando o valor do curso às mesmas. Evidenciando quais são os próprios pontos fracos que podem ser melhorados bem como as oportunidades existentes relacionadas com sua própria formação.

• Português correto e conciso: A utilização da língua portuguesa deve ser empregada em nível acadêmico, evitando as repetições de palavras, erros ortográficos ou gramaticais. Evite excesso de artigos ou mesmo uso de adjetivos, pois os mesmo não possuem efeito pragmático neste nível de leitura. Seja o menos prolixo possível no conteúdo desenvolvido. Procure utilizar no máximo 300 linhas com apresentação formal, data e assinatura realizada com o próprio pulso.

• Objetivos acadêmicos: É importante viajar com o intuito de estudar e não passear. Naturalmente que as instituições não querem que os alunos fiquem trancados nos quartos estudando o tempo todo. Contudo, muitas pessoas possuem outros objetivos que estão além da academia, como turismo e trabalho. Existem casos de pessoas que caem na clandestinidade, fator bastante preocupante e que sempre é levado em conta na concessão de bolsa estudantil.

Neste sentido mantenha a mensagem sempre nos aspecto profissional. Jamais afirme textualmente que o seu “desejo sempre foi visitar o país”.

Fonte utilizada: Devoltaanavemae.blogspot.com
Foto: Dbdbrobot

Aqui va el codigo

Um comentário paraComo fazer carta de motivação para candidatar-se a uma bolsa?

  1. Adilson Lukeny disse:

    Procuro melhorar a minha forma de pensar e ver as coisas!


Deixe uma resposta

*