Home Estágios Consegui um estágio. E agora?

Consegui um estágio. E agora?

5 min read
2
faltam empresas no mercado que oferecem vagas para os jovens que querem estagiar.

Sonho de consumo de 10 entre 10 estudantes, o estágio é a porta de entrada ideal para quem está se formando: possibilita o contato direto com a profissão desejada, o ganho de experiência na área e um aprendizado constante. Enfim, essa colocação é na verdade um preparatório para a vida profissional que o jovem terá que encarar ao final do curso, por isso é tão necessário.

Porém, com a crescente expansão do Ensino Superior, mais jovens estão aptos a ocupar essas vagas que, por consequência, tornam-se mais competitivas. Atualmente, conseguir um estágio já é uma vitória para o estudante.

Mas isso não significa que, uma vez contratado, o estagiário já possa achar que está com a “vida ganha” e que não precisa mais se esforçar. Muito pelo contrário: pois é a partir do estágio que se cria a imagem profissional que o estudante levará durante toda a carreira. Então é preciso prestar atenção na maneira como se comporta para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

O primeiro passo é tratar o estágio como se fosse um emprego formal, com todos os deveres e responsabilidades: muitos estudantes entram na empresa com a ideia de que no estágio tudo é permitido e cometem diversos erros graves, como faltar sem fornecer nenhuma satisfação, chegar atrasado com frequência ou não cumprir os prazos e/ou metas pré-estabelecidas.

Como foi dito anteriormente, o que não falta no mercado são jovens querendo estagiar. Então o mínimo que se espera de um empregado que acabou de entrar no mercado de trabalho é pontualidade, comprometimento e responsabilidade.

Outro conselho valioso, porém muitas vezes desprezado até mesmo pelos funcionários mais antigos, é conhecer a fundo a empresa para qual está trabalhando: qual o seu ramo de atuação, os principais clientes, como é estruturada etc. Na grande maioria das vezes o estagiário fica tão restrito à sua área de atuação que não toma conhecimento sobre o que acontece ao seu redor, o que pode vir a prejudicá-lo.

Existem diversas maneiras de se obter mais informações a respeito do local em que se está empregado: através de sites de buscas, jornais, a página institucional da empresa ou mesmo perguntando para os empregados que possuem maior tempo de atuação.

E, por último mas não menos importante, é necessário que o estagiário demonstre interesse e dedicação por aquilo que está fazendo. E essa é uma missão que precisa ser efetuada durante todos os dias: seja esclarecendo eventuais dúvidas com os superiores; oferecendo-se para participar de projetos que não estão diretamente relacionados com os seus afazeres na empresa, mas que irão te proporcionar maior integração na equipe ou sugerindo novas ideias ou melhorias, visando o desenvolvimento da área.

Existem diversos sites desenvolvidos com o objetivo de orientar e capacitar os universitários. O Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee) disponibiliza na sua página online diversas vagas de estágio além de promover cursos à distância sobre os mais variados temas, com o intuito de preparar o jovem para a vida profissional. O site do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) também apresenta vagas de estágio, além de contar com dicas de comportamento, etiqueta e palestras informativas.

Foto: Buscarempleo.es

2 Comments

  1. Rafael

    1 dezembro, 2012 at 2:56 am

    Gostaria de trabalhar como estagiário.

    Reply

  2. Rafael

    1 dezembro, 2012 at 2:56 am

    Gostaria de trabalhar como estagiário

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Quer se tornar um trabalhador temporário?

Mesmo que adotado por um número pequeno de pessoas no Brasil, o trabalho temporário é uma …