Home Mercado de trabalho Cresce o número de trabalhadores autônomos no Brasil

Cresce o número de trabalhadores autônomos no Brasil

5 min read
0
Cresce o número de trabalhadores autónomos no Brasil

A procura pela estabilidade financeira e a autonomia para tomar as próprias decisões sem ter que consultar um chefe, são alguns dos motivos que elevam o número de profissionais autônomos no Brasil. Porém, para administrar seu próprio negócio, é preciso responsabilidade, talento e ter um olhar empreendedor.

Muitos profissionais com vasta experiência em empresas optam por mudar a rotina e se dedicar ao trabalho por conta própria. Apesar dos benefícios de ser responsável pelo gerenciamento de seu trabalho é preciso se atentar aos desafios que esse posto traz.

Como empregado, dificilmente há preocupação com as contas da empresa, a única preocupação é com o próprio salário. Além disso, uma má administração pode resultar em um grande prejuízo, principalmente para quem entra nesse ramo pela primeira vez.

Como se preparar para ser um profissional autônomo

Antes de iniciar o projeto do próprio negócio, é preciso ter em mente que o sucesso dependerá do empenho e da responsabilidade administrativa e financeira. Pensando em preparar os novos empreendedores, grandes instituições como o SEBRAE (Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) oferecem cursos de empreendedorismo, aumentando assim o número de profissionais qualificados para funções empreendedoras.

Utilizando a criativa e colocando em prática o que se aprendeu na faculdade, muitos universitários vêem no trabalho autônomo a oportunidade de se destacar no trabalho. Para auxiliar esses jovens, confederações como a CONAJE (Confederação Nacional dos Jovens Empresários) dão suporte por meio de palestras, debates e discussões, que unem ideias e experiências de diferentes áreas de atuação. O sistema FIRJAN (Federação de Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) desenvolve um conselho empresarial para os jovens, e entre os temas debatidos estão: inovação, empreendedorismo, questões tributárias, gestão de pessoas e tecnologia da informação.

Vantagens e desvantagens do trabalho autônomo
O trabalhador autônomo é a pessoa física que presta serviços habitualmente por conta própria a um ou mais clientes. Nessa modalidade, o trabalhador não é subordinado, não tem patrão, não tem horário de trabalho fixo, e, deste modo, não tem direito a verbas trabalhistas como décimo terceiro, férias, uma folga paga por semana etc. Porém, os direitos previdenciários são garantidos aos profissionais autônomos.

Qual a diferença entra profissional autônomo e liberal?

É comum associar o profissional liberal ao trabalhador autônomo. No entanto, existe uma diferença relevante entre os dois.  O profissional liberal exerce profissão regulamentada e é vinculado ao órgão regulamentador, por exemplo, ao CRA (Conselho Regional de Administração) ou a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e podem constituir a própria empresa ou ser empregado. Já o profissional autônomo é aquele que trabalha por conta própria sem vínculo empregatício com nenhuma empresa.

Foto: cosaslegales.es

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Em busca da estabilidade, profissionais investem em concursos públicos

Para muitos brasileiros alcançar a estabilidade financeira e profissional só é possível po…