Home Entrevista de emprego Desempenho do entrevistado em entrevistas de emprego

Desempenho do entrevistado em entrevistas de emprego

4 min read
0
Fique mais preparado para a próxima entrevista de emprego
Desempenho nas entrevistas de emprego
Entrevistadores avaliam as respostas e os comportamentos na entrevista. As análises podem não estar relacionadas com as construções de perguntas. Os candidatos sem perceber se envolvem em série de comportamentos que influenciam avaliações do desempenho.

O candidato pode ter adquirido os comportamentos durante treinamento da experiência ou entrevista anterior. Estas construções de desempenho podem ser classificadas em três categorias: Habilidades e efetividade social, apresentação interpessoal e fatores pessoais / contextual. Confira dicas sobre análises dos entrevistadores de emprego. Fique mais preparado para o próximo processo seletivo!

Habilidades e Efetividade Social

  1. Gerenciamento de impressão: Tentativa dos candidatos para garantir que o entrevistador tenha impressão positiva.
  2. Habilidades sociais: Capacidade dos candidatos para adaptar o comportamento de acordo com as exigências da situação e influenciar positivamente o entrevistador.
  3. Automonitorização: Regulação recorrente de comportamentos para controlar a imagem positiva.
  4. Controle Relacional: Tentativa dos requerentes em controlar o fluxo da conversa.

Apresentação Interpessoal

  1. Expressão verbal: Taxa de pausa.
  2. Comportamento não verbal: Sorriso, o movimento da mão e a orientação do corpo.

Fatores Pessoais / Contextual

  1. Treinamento entrevista: Coaching, entrevistas simuladas com feedback.
  2. Experiência em entrevista: Número de processos seletivos anteriores.
  3. Entrevista de eficácia: Capacidade dos requerentes perceberem que estão bem na entrevista.
  4. Motivação Entrevista: Motivação para ter sucesso na entrevista.

Preconceitos do Entrevistador

Características pessoais e demográficas podem potencialmente influenciar nas avaliações do entrevistador e respostas dos entrevistados. Esses fatores não são relevantes para saber se a pessoa pode fazer o trabalho (isto é, não relacionada ao desempenho no itinerário), assim, a influência nas classificações da entrevista deve ser minimizada ou excluída. De fato, existem leis em muitos países que proíbem a consideração de muitas dessas classes protegidas de pessoas na tomada de decisões. Por meio de entrevistas estruturadas com múltiplos entrevistadores, juntamente com o treinamento, é possível ajudar a reduzir os efeitos negativos da discriminação na escolha.

  • Atratividade: Requisitos físicos podem influenciar na avaliação do entrevistador na entrevista de desempenho.
  • Corrida: Os brancos tendem a marcar mais pontos do que os negros e hispânicos. Semelhança racial entre entrevistador e candidato, por outro lado, não foram encontradas por influenciar votos entrevista.
  • Sexo: As fêmeas tendem a receber entrevista um pouco mais difícil do que os colegas do sexo masculino. Semelhança de gênero não parece influenciar nos votos de entrevista.
  • Cultura: Os candidatos com um nome étnico e sotaque estrangeiro eram vistos de forma menos favorável do que àqueles apenas com nome étnico europeu e sem sotaque.

Foto: korisni-savjeti.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…