Home Dicas para o trabalhador Dicas para fotógrafo freelancer. Parte II

Dicas para fotógrafo freelancer. Parte II

4 min read
0
Confira dicas para ser um fotógrafo freelancer com sucesso.

Como explícito no artigo inicial basta acumular poucos conhecimentos de técnica com equipamentos que não agregam alto valor para iniciar a carreira. Contudo, conforme o profissional cresce em um dos mais variados segmentos que o mercado oferece é necessário reservar dinheiro para investir em mais educação, máquina e acessórios. É interessante sempre cobrar por qualquer outro trabalho realizado. Sem contar que a divulgação nas redes sociais deve ser realizada com qualidade e periodicidade. Confira mais algumas dicas para fotógrafos freelancer brilharem na profissão.

Conquistar clientes: Em início de carreira é sempre difícil encontrar jornadas que ofereçam pagamentos quantitativos. Nesse sentido, procure utilizar sua plataforma de divulgação com bastante qualidade. Porém, mesmo com o sucesso do mundo virtual é necessário possuir portfólio sempre em mãos, atualizado e elaborado pragmaticamente.

Uma boa tática para angariar novas chances de trabalho é organizar as melhores fotografias em PDF que deve ser enviado prontamente em conjunto quando o empregador requisitar o mesmo. Porém, depois de alguns meses de preparo é sempre interessante renovar o álbum virtual para que se tenha noção do nível profissional alcançado pelo profissional.

“É importante recordar aos clientes o trabalho que temos feito, sendo que o envio-lhes um e-mail de dois em dois meses. Agarro num documento em PDF com as últimas novidades e envio”, é o que afirma o fotógrafo Carlos Rodrigues.

Rodrigues também indica enviar o mesmo conteúdo para casas noturnas ou eventos no intuito de verificar a demanda da clientela. Contudo, capriche sempre, pois a melhor propaganda que existe nesta área ainda é a pessoal.

Pagamento: Existem três formas principais. A paga por peça onde o profissional recebe pelo dia de cobertura, pagamento realizado por cada unidade vendida e renumeração mensal para editar fotografias já realizadas. Todavia, muitos empreendimentos atrasam os pagamentos. Com a prática o fotógrafo reconhece os que pagam em dia, ficando mais seletivo na escolha das ofertas.

Direitos autorais: Uma das coisas que mais acontecem neste meio é a transmissão ou divulgação de imagens e gravações em site ou emissoras do TV sem que os autores das mesmas sejam creditados explicitamente por isso. Fator extremamente desmotivador, sendo que arte com qualidade deve possuir autoria dos artistas compositores. Muitas vezes o selo do autor é apagado rusticamente!

Por isso que existe a ferramenta marca de água que deve ser empregada em cada fotografia produzida. Elas não podem ser 100% eficazes, contudo complica-se consideravelmente o processo de remoção.

Fonte utilizada: Escolafreelancer.com

Foto: De todos los colores no Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…