Home Estágios Dicas para supervisão: relatório de estágio

Dicas para supervisão: relatório de estágio

5 min read
0
Relatório de estágio
Relatório de estágio
Em termos gerais os relatórios representam o ressumo para descrever as atividades desempenhadas no estágio. Necessita ser objetivo, porém, não muito curto. O escritor precisa ter o cuidado de colocar as informações necessárias, primando sempre ao equilíbrio do conteúdo.

A presença da capa representa ponto fundamental, assim como as informações básicas para contato, afinal, somente com o conteúdo informativo os recrutadores podem fazer o contato caso queiram explicações ou manter a força de trabalho de maneira efetiva no futuro. Coloque o curso e a data de previsão à formação.

O “nome da concedente” representa termo que gera dúvida entre os profissionais que estão fazendo o relatório da empresa. A opção deve ser preenchida com o nome da empresa e os demais locais nos quais foram desenvolvidas as atividades profissionais.

O sumário pode ser desenvolvido da mesma maneira que os livros tradicionais. Ou seja, para cada assunto diferente são indicadas as páginas. Em relatórios tipo web, os profissionais podem fazer os links de maneira direta no índice. Os objetivos são tópicos que devem ser preenchidos com o número mínimo de palavras, de forma concisa.

Todos os tipos de relatórios possuem a opção do desenvolvimento, relatório com a descrição das atividades e relatos dos fatos, assim como os resultados positivos e negativos. A presença das conclusões também se faz necessária, obtidas depois das reflexões apontadas no desenvolvimento.

Sugestões também representam pontos interessantes para aproveitar o funcionário em setores específicos. As assinaturas também representam elementos considerados indispensáveis para que os relatórios sejam considerados oficiais, tanto do estagiário como dos gerentes que gerenciaram o programa de estágio.

Quem deseja colocar informações adicionais precisa abrir capítulo adicional no relatório de estágio, intitulado “Anexos”. Neste ponto devem ser adicionados todos os outros pontos que não estavam presentes nos capítulos anteriores, caso das fotos, desenhos, mapas, quadros estatísticos, gráficos, entre outros.

Necessário ter em mente de que os relatórios são atividades pessoais e não podem serem cópias explícitas de manuais, livros e revistas. As empresas olham com olhos negativos os conteúdos que não foram compostos de maneira original, de acordo com os legítimos anseios e perspectivas profissionais.

Os recrutadores que desenvolvem a escrita devem empregar o verbo no plural, no sentido de inserir os estagiários dentro do contexto. Outra dica está na anotação diária das tarefas e resultados conquistados com o desempenho dos estagiários. Deixar para preencher no dia seguinte pode prejudicar o nível de apuração, visto que alguma parte das informações pode sumir. As partes das elaborações finais devem ser feitas somente quando se encerra o ciclo de estágio.

Foto: dafmet.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…