Home Entrevista de emprego Estresse: Entrevista de emprego

Estresse: Entrevista de emprego

4 min read
0
Estresse na entrevista de emprego

Estresse representa doença moderna cuja intensidade pode prejudicar no desempenho das atividades diárias. Pessoas possuem problemas, independente do tipo de classe social e não saber lhe dar de forma sentimental com cada problemática atrapalha na rotina em empresas que precisam se comunicar de forma rápida e tranquila para resolver as questões difíceis do trabalho.

Entrevista de emprego: modo estresse

Entrevista estresse ainda estão em uso comum. Acontece quando o empregador utiliza uma sucessão de entrevistadores cuja missão consiste em intimidar o candidato e manter fora de equilíbrio. O propósito ostensivo está em descobrir como o concorrente se relaciona com o estresse. Processo do gênero envolvem testes do comportamento em ambiente ocupado. Perguntas sobre como lidar com a sobrecarga de trabalho, lidar com vários projetos e conflitos são típicas.

Outro formato de entrevista estresse pode envolver apenas um único entrevistador que se comporta de forma desinteressada ou hostil. Por exemplo, pode não fazer contato visual, revirar os olhos ou suspirar em respostas do candidato, interromper, virar as costas, atender chamadas telefónicas durante a entrevista, ou fazer perguntas em um estilo humilhante ou desafiador, por exemplo.

Não adianta ter apenas o preparo acadêmico. Os gênios de finanças ou tecnologia da informação podem pecar no aspecto da comunicação em virtude do estresse, fato que coloca em risco a linha produtiva da empresa. Líderes estressados não possuem chances de prosseguiram a ascensão na carreira de forma positiva. Por esse motivo, aos primeiros sintomas do estresse o médico especialista deve ser consultado.

Empresas que investem na psicologia dos trabalhadores realizam programas no sentido de minimizar o estresse. As atividades de lazer acontecem em grupo para aumentar os laços afetivos e níveis de confiança dos empregados e donos dos meios de produção. Quando há maior confiança entre os funcionários diminuem as chances de o trabalhador ficar com estresse.

Funcionários novos podem desenvolver maior facilidade o estresse, em principal quando o restante do quadro de funcionários ignora a presença física e mental da novidade. Para resolver esses tipos de questões e evitar existir conflitos do gênero que prejudicam a produção, os chefes devem fazer trabalho frequentes para que os problemas sejam resolvidos no sentido de restabelecer a harmonia.

Ambientes de trabalho representam locais nos quais o estresse pode estar presente de forma frequente, em principal quando os resultados esperados não representam a realidade. Por esse motivo nos dias de hoje se faz necessário estar com preparo psicológico para tomar as melhores decisões com o sistema nervoso alabado.

Para maiores informações leia o artigo: Como Combater o Estresse?

Foto: psicologia-ro.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…