Home Mercado de trabalho Geração de emprego em setembro: 150 mil vagas

Geração de emprego em setembro: 150 mil vagas

4 min read
0
Crescimento na geração de emprego no 2012
Crescimento na geração de emprego no 2012
De janeiro e setembro foram gerados quase 1,5 milhão de empregos formais em solos nacionais. Os números evidenciam resultados positivos em todos os meses do ano até então, evidenciando o cenário otimista no mercado de trabalho brasileiro. Representantes de países estrangeiros viajam até Brasília para discutir projetos e trocar experiências sobre políticas públicas. Setembro de 2012 acompanhou o crescimento na geração de emprego no acumulado do ano de acordo com dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Com a crise economia mundial, países tidos como potência econômica buscam no Brasil a oportunidade perfeito para descobrir fórmulas no intuito de reascender o mercado de trabalho. Não se pode ignorar o fato de que os estrangeiros solicitam para que as portas brasileiras fiquem mais abertas aos trabalhadores estrangeiros

Crescimento de 0,39% no estoque geral, equivalente a 150.300 postos de trabalho com carteira assinada no mês de setembro, mantendo assim a trajetória otimista do Brasil dos últimos anos. Expansão de 3,6% se comparados os dez primeiros meses de 2011.

Praticamente todos os setores da economia possuem crescimento no nível de empregos do mês. A Indústria de Transformação demonstra que em termos absolutos com a geração de 66.191 postos de trabalho no mês de setembro, maior resultado entre todas as atividades econômicas consideradas básicas.

Na sequência está o setor de Serviços, como aumento de 55 mil postos de trabalhos gerados em setembro, seguido por: Comércio (+ 35.919 postos) e Construção Civil (+10.175 postos). Interessante notar que o setor agrícola em decorrência dos motivos sazonais foi à única atividade econômica que demonstro queda em virtude de motivos sazonais: -19.014 postos, menor do que a queda do ano passado entre o período de janeiro e setembro de 2010.

Interessante notar que nas nove áreas metropolitanas principais do país foram gerados 60.425 postos, crescimento de 0,38% comparado com o existente nos doze meses anteriores. Nos limites geográficos o destaque absoluto acontece por conta do crescimento de emprego no Nordeste de 77.246 postos de trabalho, quase mais do que 30 mil se comparado com os resultados do Sudeste (43.749). Na sequência estão: Sul (+24.731 postos), Centro-Oeste (+5.414 postos) e Norte (+5.194 postos).

Entre os estados com maior destaque na geração de emprego em setembro de 2012 são:

  • Alagoas (+27.572 postos)
  • São Paulo (+26.339 postos)
  • Paraná (+9.559 postos)

O CAGED representa registro administrativo relacionado com o MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), no qual as empresas precisam registar as movimentações de funcionários contratados e demitidos.

Leia mais:

Foto: dhjupic.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…