Home Mercado de trabalho Geração de emprego no século XX

Geração de emprego no século XX

4 min read
0
Depressão de 1929
Procura de emprego na depressão de 1929
A Primeira Guerra Mundial trouxe forte abalo na geração de emprego em terras europeias. Derrotados, alemães precisavam pagar gastos de guerra aos vencedores. As fábricas fechavam em consequência da inflação alta e os franceses passaram a tratar a nação alemã como colônia. Sem esperança, aos poucos os trabalhadores da Alemanha aceitaram a ascensão no nazismo, considerado um dos regimes políticos mais cruéis do mundo para com os estrangeiros.

A Depressão Econômica de 1929 colocou grande ênfase no trabalho, quem não trabalhava poderia morrer de fome, visto que os governos estavam quebrados e não prestavam assistência aos desempregados. Famílias saiam às ruas no sentido de trabalhar mesmo nos empregos humildes para garantir a sobrevivência. O mundo sofreu quase por completo em consequência do Crack de 29.

Segunda Guerra Mundial

A chegada de II Guerra Mundial virou a oferta e procura de trabalho. Fabricação de material de guerra criou aumento de emprego, mas a ausência de homens abriu as comportas para a demanda de trabalho que seriam atendidas por mulheres.

Com o fim de conflito o local de trabalho mudou com as mulheres que substituíram os homens que tinham ido ao exterior para lutar. Elas permaneceram no local de trabalho de forma significativa.

Enquanto a demanda para a fabricação de armas não foi alta, quando a guerra terminou o novo otimismo e os fenômenos sociais, incluindo a expansão urbana, criaram novas demandas de fornecimento aos novos postos à construção de estradas no desenvolvimento imobiliário.

A crise do petróleo dos anos de 1970 abrandou o envolvimento no consumismo. Na década de 1980 a maior geração estava agora com anos de trabalho. Em termos de renda os trabalhadores estavam engajados na compra de casas, veículos ou investimentos para o futuro.

O grande número de pessoas na força de trabalho durante este período criou aumento da competição para o trabalho nas empresas e órgãos do governo – ambos cada vez mais seletivos e exigentes. Trabalhar deixou de ser modalidade de sobrevivência para virar desejo de status social em consequência do poder de consumo.

Conflitos de Gerações: X Vs. Y

A geração X (anos de 1950) entrou em conflito com os trabalhadores Y (anos de 2000) nos ambientes de trabalhos. As rotinas estão aceleradas para que empresas atendam grandes demandas e faturem conforme esperado por empresários, que além do quadro de funcionários, precisa dispor de quantia financeira para investir na tecnologia e não ficar atrás da concorrência.

Foto: parasabermaisdehistoria.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…