Home Dicas para o trabalhador Gestão financeira e trabalho freelance

Gestão financeira e trabalho freelance

4 min read
0
Gestão financeira no trabalho freelance
Gestão financeira no trabalho freelance
Empresários possuem muito a ganhar investido no quadro de funcionário freelance, visto que não precisam gastar com infraestrutura de espaço, máquinas e energia elétrica para os escritórios, algo que em época de crise pode representar vantagem considerável no fluxo de caixa da empresa. A metodologia de trabalho não traz atrasos para a produção em consequência do trabalho feito em grosso modo dentro da web. Profissionais podem ganhar mais e ao mesmo tempo possuem a obrigação de terem boa gestão financeira. Empregadores e trabalhadores precisam ficar atentos com a gestão financeira no trabalho freelance.

Especialistas atestam que falências de empresas ou pessoas não estão relacionadas com a pouca circulação de dinheiro, mas sim por causa da falta de qualidade na gestão financeira. Interessante notar que nas escolas do ensino público não existem matérias específicas que ensinam as pessoas desde pequenas a serem gestoras das próprias finanças, representando assim outro ponto negativo na extensa lista de revezes na educação brasileira.           

Às vezes vale mais à pena fazer a gestão qualificada do dinheiro do que ganhar muita quantia e não possuir controle algum das finanças. Economistas apontam que a dica está em reservar alguma parte para a conta poupança, outra para fazer investimento e o restante para pagar dívidas e demais despesas mensais. Não se pode ignorar o fato de que os trabalhadores freelance precisam fazer esta forma de gestão de maneira natural caso queiram brilhar no respectivo regime de trabalho.

Pelo menos dez por cento do capital recebido de maneira mensal deve ser direcionado para a conta poupança. Pense que no momento de comprar um veículo à prestação os compradores podem demorar o dobro do tempo para pagar do que se estivesse investido na conta poupança e no pagamento futuro à vista. Neste sentido, muitos entram em dívidas ou precisam trabalhar mais para fazerem pagamentos em consequência da falta de planejamento financeiro.

Quem deseja investir na compra da casa própria à prestação deve ter em mente que no máximo trinta por cento do orçamento pode ser comprometido. Não se pode esquecer ainda no investimento da aposentadoria, que para trabalhadores freelances não registrados em sindicados representa quinze por cento do valor bruto conquistado ao mês no Brasil, uma das maiores taxas para trabalhadores autônomos em níveis mundiais.

Procure reservar seis meses de pagamentos de despesas no futuro para evitar com que os contratempos prejudiquem a saúde financeira. Guarde a quantia na poupança, que não possui taxa de administração e traz facilidade à retirada.

Foto: mariaacerodiaz26.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…