Home Primeiro emprego Graduado sem experiência! Melhor caminho é curso técnico

Graduado sem experiência! Melhor caminho é curso técnico

6 min read
22
Cursos técnicos uma oportunidade para os graduados sem experiência

O maior erro do graduando é conquistar o diploma sem atuar na área. Uma realidade marcante no país, desenvolvimento econômico significa também mercado de trabalho exigente ávido por habilidades especiais como: Fluência inglesa, especialização, conhecimento avançados de informática e experiência profissional.

A situação para quem não estagiou é grave. Margarida Silva, gerente da  “MAS, seleção desenvolvimento de pessoas”, evidencia a importância do estágio: “Se achar um estágio remunerado, você deve ir. Se for sem remuneração, você deve ir. Se tiver que pagar por ele, você deve ir”.

E quem é diplomado sem experiência na área? Como entrar no mercado de trabalho qualitativamente? Buscar especialização mesmo sem experiência agregada com a graduação ou investir em outra área, co-relacionada ou não, para depois buscar especialização?

Para quem não tem experiência na área de formação, mas possui experiência ou trabalha atualmente em outra área, fazer uma pós-graduação intercalando formação com experiência é uma boa saída.

Por exemplo, um jornalista recém-formado sem vivência na área, mas com vasta experiência em Fluxo de Caixa e RH, pode buscar especialização nas ciências econômicas. Assim, não sairia da formação e agregaria status para o empregador e empresas que ofereçam trabalhos relacionados com a experiência e formação acadêmica; Melhora-se o potencial no mercado de trabalho.

No Brasil, diariamente surgem muitos cursos de especialização, o candidato deve sempre estar atento a qualidade dos mesmos. Uma especialização em uma instituição de baixa qualidade possui pouco valor no mercado, representa tempo perdido.

Segundo dados divulgados pela CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) existe no Brasil, reconhecidos e recomendados: 2.309 cursos de Mestrados, 1.302 Doutorados e 229 Mestrados Profissionais, totalizando 3.480 cursos de pós-graduação.

Já os recém-formados sem experiência profissional quantitativa e qualitativa devem buscar auxílio nos cursos técnicos, método mais instantâneo de adentrar ao mercado mesmo com graduação inferior ao bacharelado. É interessante notar que estes cursos oferecem muito mais oportunidade de estágios e vagas efetivas do que as especializações, principalmente no que tange a candidatos sem experiência.

A Constituição brasileira permite que alunos de pós-graduação estagiem, porém grande parte das indústrias não convoca para estagiar um profissional graduado sem experiência de campo cursando pós-graduação.

O marqueteiro Mário Persona diz que “dependendo da função, se a empresa precisar escolher entre alguém com pós-graduação no exterior, mas sem experiência de trabalho, e alguém experiente, embora sem a mesma graduação acadêmica, a empresa irá escolher aquele que lhe dará um retorno mais rápido e seguro, o que geralmente acontece com quem tem experiência prática”.

Fazer um curso técnico pode ser um grande caminho no campo do trainee. A consultora de desenvolvimento do Grupo DMRH, Bruna Tokunaga Dias, diz que “os programas de trainee não pedem experiência, mas sim conhecimento técnico”. Mais um elemento onde o curso técnico é extremamente benéfico.

Fazendo curso técnico consegue-se adentrar em alguma área e depois se especializar na mesma, dentro do mercado e crescendo junto com a empresa empregadora, melhor maneira de recomeçar ou reaproveitar uma graduação pouco explorada.

Outro elemento fundamental que deve ser agregado antes da especialização é o inglês fluente. Sem ele, dificilmente um especialista alcança um alto salário sem experiência.

Ou seja, investir em curso técnico e inglês é mais seguro do que fazer pós-graduação, no tocante à oportunidade de emprego para alunos graduados sem experiência. Curso técnico é a luz no fim do túnel para muitas carreiras indecisas.

Foto: Joel en Picasa Web.

22 Comments

  1. Cintia

    30 março, 2011 at 9:34 am

    Infelizmente essa é a realidade no Brasil.
    Muitos jovens concluem o ensino superior e não conseguem trabalhar na área. Mas o importante é não desistir e buscar caminhos alternativos para construir a carreira sonhada.
    Adorei as dicas do blog.

    Reply

    • Renato Duarte Plantier

      31 março, 2011 at 4:07 am

      Cara Cintia, Muito obrigado. O intuito do blog é auxiliar e esclarecer as dúvidas dos usuários, com êxito. Qualquer dúvida estamos a disposição.

      Reply

  2. rodrigo

    3 novembro, 2011 at 7:59 am

    sou formado em administração,nao tenho nenhuma experiencia na área,o que devo fazer, pois ja vou fazer 35 anos e sempre trabalhei como operario

    Reply

    • Renato Duarte Plantier

      3 novembro, 2011 at 8:09 am

      Olá, Rodrigo,
      Acho que o senhor deve procurar por vagas administrativas dentro do mundo das obras, como construturas, entre outros. Atualmente existe um grande nível de ofertas relacionadas como o tema. Outra dica seria fazer curso técnico em contabilidade, assim o Sr. pode estagiar também. Pós-graduação só estando na área!
      Espero ter ajudado.

      Reply

  3. Helene

    24 novembro, 2011 at 8:47 pm

    Então, sou recém-formada em jornalismo e obtive 2 estágios. Mas a concorrência é muita! Não tive muita sorte para conseguir outros estágios, e depois de formada estou trabalhando numa empresa de comunicação, mas na recepção! Me sinto como se não fosse capaz de conseguir algo área mesmo. Gosto muito de Fotojornalismo, é a minha praia mesmo. Pretendo me especializar nessa área e fazer network quem sabe consigo futuramente entrar nesse ramo do jornalismo? Boa sorte a todos.

    Reply

    • Renato Duarte Plantier

      25 novembro, 2011 at 6:25 pm

      Olá, Senhora Santos.
      Hoje em dia o jornalismo é muito aberto para profissionais autônomos. Sendo você, começaria a atuar na área de fotojornalismo ou somente na de foto como freelancer, sem abandonar o seu cargo na recepção inicialmente. Depois de conseguir algum nome na área (digamos, um ano de trabalho), ai sim é a hora de seguir para uma pós-graduação. Se acredita que conhece todas as técnicas básicas para fotografar é a hora de ir a campo. Se não, faça um curso antes de começar a atuar informalmente na área; adentrá-la, e depois sim, realizar uma pós-graduação. Acredito que consiga entrar neste ramo do jornalismo formalmente, mas além da vontade é necessário preparo técnico e portfólio. Espero ter ajudado. Boa sorte.

      Reply

  4. Ossian Fernandes

    8 janeiro, 2012 at 10:02 am

    Bom dia Senhora Santos!

    Sou recém formado na Area da Gestao da qualidade, mais tambem nao fiz estagio na area, oque devo fazer para entrar no mercado de trabalho.

    Reply

  5. Karlla

    20 fevereiro, 2012 at 2:02 pm

    Olá, me graduei em Biologia em 2006 dei aula pouco tempo, e percebi que sala de aula não é a minha vocação, por outros motivos larguei tudo e me dediquei a família, o tempo passou e estou completamente perdida porque agora quero retomar minha carreira e não sei se faço pós graduação em Auditoria e Perícia Ambiental ou Gestão Ambiental , como não tenho experiência fico com medo de gastar dinheiro e não ter chance no mercado de trabalho, já passei dos 30 anos.Me orientem por favor!Obrigado.

    Reply

  6. Eduardo Emidio Lima

    5 junho, 2012 at 11:13 am

    Bom dia,tambem estou na mesma situaçao me formei em Analise de sistemas e nao tenho experiencia na area.Como rsolver este problema? Uma vez que se estagiei em uma empresa de tranportes e logistica e hoje atualmente trabalho como aux administrativo financeiro em vendas .

    Reply

    • Renato Duarte Plantier

      17 julho, 2012 at 9:59 pm

      Sua área é bastante abrangente no mercado de trabalho. Se já estágio, acredito que com mais esforço você encontra vagas, mesmo sendo menos remuneradas do que no mercado. Procure também por vagas informais tipo freelance, pode ser a oportunidade para ir ingressando aos poucos na empresa em busca da efetivação.

      Reply

  7. luciana

    17 julho, 2012 at 6:55 pm

    tô nessa situação. nunca trabalhei, não fiz estágio e tô há 5 anos formada e nada de trabalho na área de adm. tô pensando em fazer curso de assistente administrativo no senac. será que vale à pena?

    Reply

    • Renato Duarte Plantier

      17 julho, 2012 at 9:24 pm

      Acho que seria melhor dar uma complementada; Uma boa dica para os dias de hoje está no casamento de ADM com hotelaria. Investiria nesta combinação, quase certeza de arranjar trabalho rápido com remuneração interessante. Os hotéis representam um dos grupos que mais contratam profissionais sem experiência e com formação. Um inglês rápido somente para falar o básico também ajuda.

      Reply

  8. Leandro

    9 agosto, 2012 at 12:15 pm

    Ola, Boa tarde. Eu fiz minha graduacao (Administracao e Negocios Internacionais) no exterior (Reino Unido) e agora estou concluindo meu mestrado (Relacoes Internacionais) tambem no exterior (Reino Unido). Durante o meu curso de graduacao eu trabalhei por tres anos como assistente de vendas. Eu pretendo voltar ao Brasil em outubro e pretendo procurar por emprego. Eu gostaria de saber se voce consideraria a minha experiencia proffissional do ponto de vista do empregador relevante, ou eu devo quando chegar ao Brasil,atender um curso tecnico tambem. Desde ja, muito obrigado e parabens pelo forum! E bastante informativo.

    Reply

  9. renato

    10 agosto, 2012 at 5:50 pm

    boa tarde ,tambem estou nesta situaçao formado em analise de sistemas a quase um ano e não tenho experiencia na area sempre trabalhei como funuleiro de veiculos pesados e nao estagiei por nao poder ganhar muito pouco pois tenho a familia para cuidar
    mas agora estou desempregado e com 42 anos e quero trabalhar em TI o que fazer? preciso de um caminho obrigado .

    Reply

  10. Nadia

    13 agosto, 2012 at 11:22 am

    Bom dia! Gostaria de tirar uma dúvida, me formo em Dezembro/2012 Adm. e ja trabalho na area ha quase 2 anos(1 ano de estagio e 9 meses contratada), no entando gostaria de dar aulas a noite, gostaria de saber de quais materias posso dar aula. É possivel dar aulas antes de fazer uma pós ou mestrado? Gosto bastante dessa area e queria juntar aulas com adm…
    Aguardo,

    Reply

  11. Rodrigo

    12 outubro, 2012 at 11:35 pm

    Sou formado em gestão de recursos humanos e fiz tecnico de administração queria atuar na área de rh nunca fiz estagio sempre trabalhei em comercio agora to desempregado o que eu faço faço um tecnico de rh ou superior de gstão de pessoas praconseguir atuar estagiar na área? obrigado

    Reply

  12. ana

    18 outubro, 2012 at 6:32 am

    Olá me formei em Gestão Ambiental em junho 2012, não fiz estágio e não tenho experiência. Ja enviei vários currículos sem nenhum retorno para empresas de consultoria aqui em São Paulo. O que posso fazer?

    Abraços

    Reply

  13. Cbarret

    22 maio, 2013 at 11:14 pm

    Boa noite. Tenho um curso técnico em Comércio Exterior e sou graduado em Administração. Meu nível de Inglês e Espanhol é intermediário com vivência fora. Tenho experiência no setor bancário e hoje administro junto a meu sócio, uma locadora de pequeno porte, porém vejo que não tenho a experiência que deveria, pois não fiz nenhum estágio por está trabalhando no setor bancário na época. Qual o conselho que você me daria sabendo que tenho 36 anos de idade?

    Reply

  14. Cbarret

    22 maio, 2013 at 11:16 pm

    Para ratificar que é uma locadora de veículos.

    Reply

  15. Fernando

    12 dezembro, 2013 at 3:37 pm

    Olá! Me formei em Ciências Biológicas há quase 2 anos, realizei estágio dentro da universidade apenas, mas estou encontrando dificuldade em conseguir emprego. Pensei em entrar em um mestrado acadêmico, mas não é o que procuro pra minha carreira profissional, por isso irei começar um curso técnico em Geodésia e Cartografia, de forma a complementar minha experiência na área ambiental e aproveitar o conhecimento que possuo. Gostaria de saber, como posso colocar está informação em meu currículo? Muito obrigado!

    Reply

  16. LEANDRA

    15 agosto, 2014 at 12:34 pm

    Sou recém formada em psicologia e não me identifico com atendimento clínico, gostaria de atuar em RH, mas exigem experiência e por isso estou pretendendo fazer especialização na FGV, pois acho que por ser uma ótima instituição poderia contar na hora de conseguir uma vaga…o que acha?

    Reply

  17. Luiz Alberto

    3 março, 2016 at 4:14 am

    Olá, espero que este tópico ainda esteja ativo.. Sou formado em Engenharia Elétrica e estou enfrentando muita dificuldade para ingressar na área, pois estagiei fora da minha área de formação. O mais interessante no meu caso seria adentrar em um curso técnico na área? Quanto às oportunidade, fico em dúvida se conseguirei uma oportunidade antes de finalizar o curso técnico… Obrigado pelas dicas!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…