Home Entrevista de emprego Lidando com a frustração das respostas negativas em entrevistas de emprego

Lidando com a frustração das respostas negativas em entrevistas de emprego

6 min read
5
Entrevista emprego

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, não é incomum que um profissional faça várias entrevistas até receber uma resposta positiva de um processo seletivo.

Nesse período em busca de emprego, além de se preocupar em estar bem preparado para o cargo que está buscando, o candidato também precisa saber lidar com as eventuais respostas negativas que pode receber após as entrevistas.

É comum que enquanto esperamos a resposta de um processo seletivo, acabemos nos projetando e nos imaginando na posição à qual estamos concorrendo. Já nos imaginamos indo trabalhar no local, conhecendo os novos colegas e recebendo o salário oferecido. Ficamos ansiosos pelo telefonema de confirmação da nossa aprovação.

Porém, esse telefonema pode trazer uma resposta diferente da que esperávamos, e  em questão de minutos, aquela expectativa que tínhamos pode se transformar em frustração.

Esta frustração é proporcional ao otimismo e às expectativas que tínhamos.

A questão não é deixar de ser otimista, mas aceitar que pode haver uma resposta diferente da que desejamos e saber como lidar com esta resposta indesejada.

Também devemos aceitar que a frustração é um sentimento natural, que pode aparecer em várias situações da nossa vida. É comum que ao receber uma resposta negativa, como a rejeição em um processo seletivo, pensemos em por quais motivos não fomos escolhidos, e tenhamos nossa autoestima afetada.

Da mesma forma que escolhemos não enviar nosso currículo para determinada empresa, e isso não a torna uma má empresa, quando não somos escolhidos para um vaga,  isso não faz de nós um mau profissional.

Durante o processo seletivo vários fatores são avaliados, e a empresa procura aquele candidato que atende melhor às suas necessidades, não exatamente o profissional mais qualificado, que em alguns casos pode pedir um salário maior do que a empresa está disposta a oferecer, nesse caso ele poderá ser recusado, mas não deixará de ser um bom profissional.

Pedir um salário muito abaixo do que a empresa está oferecendo também pode contribuir para a reprovação em um processo, pois em alguns casos, a empresa encara isso como uma prova de que o candidato não está no nível que ela procura.

Seu estilo pessoal também pode ser um fator relevante, os selecionadores podem considerar que sua postura muito formal não se encaixa bem no ambiente informal da empresa, ou vice versa.

Existem situações em que o profissional pode ser muito qualificado para a vaga. Um candidato com pouca experiência pode levar vantagem sobre outro mais experiente, pois as atividades do cargo podem não ser muito desafiadoras para o segundo. Os selecionadores entendem que isso poderá ser um fator de desmotivação.

Caso você estude Nutrição, poderá ter algumas dificuldades ao se candidatar para uma vaga em Marketing. Pois pode ser entendido que você esteja apenas procurando um emprego temporário, até que consiga outro na área que estuda. Nesse caso, um candidato que demonstre que quer fazer carreira na área de Marketing deverá ter mais chances.

Perceba que estes motivos não o desqualificam como profissional, apenas demonstram que talvez você não fosse o candidato mais adequado para a vaga.

Não deixe que as respostas negativas de processos anteriores prejudiquem sua participação nas próximas entrevistas. Procure aprender com cada experiência, reflita sobre sua postura nas entrevistas e periodicamente faça uma autoavaliação, é importante se conhecer para poder escolher a melhor empresa para você.

Sucesso nas próximas entrevistas!

Foto: Plan de Alfabetización Tecnológica Extremadura no Flickr

5 Comments

  1. Ricardo Martins

    9 março, 2011 at 1:14 pm

    Muito bom esse texto…é muito comum mesmo nós nos sentirmos bastante abalados com uma resposta negativa e certamente levar essa experiência para as próximas entrevistas. Eu mesmo já passei algumas vezes por isso, mas acabei aprendendo a lidar com essa situação…é importante que pessoas menos motivadas por terem tido uma resposta negativa leiam isso, certamente irá ajudar em futuras entrevistas.

    Reply

  2. Marilia Lazzeri

    9 março, 2011 at 2:18 pm

    O mais importante é lembrar que existem competências a serem avaliadas para o preenchimento de cada vaga e para termos um retorno positivo, as nossas competências precisam ser as mesmas necessárias para o cargo em aberto. Um candidato pode ser muito comunicativo, pró-ativo, apresentar perfil de líder e gostar de inovaçôes (novos projetos) e ao receber um retorno negativo não entende o motivo. Muito provavelmente a vaga que este candidato estava concorrendo não exigia um perfil assim, a vaga poderia ser para uma posição que não terá muitas mudanças, que irá trabalhar sozinho ou até mesmo com atividades operacionais e um perfil como o deste candidato não vai aguentar ficar muito tempo nesta posição.
    Por tanto, se receber um retorno negativo, não significa que você não é bom o suficiente para aquele cargo ou empresa, mas sim que seu perfil é diferente do perfil exigido. Um exercício legal para fazer nesta situação é refletir sobre como você poderia ter se desempenhado melhor naquela entrevista, naquele processo seletivo e levar este aprendizado para os demais.

    Reply

  3. Marilia Lazzeri

    9 março, 2011 at 2:51 pm

    Oliveira,
    Parabéns pela escolha do tema e pela forma que abordou o assunto!
    Abraços.

    Reply

  4. Glaucia Silva

    9 março, 2011 at 7:50 pm

    Excelente!

    Reply

  5. Viviane Camargo

    11 março, 2011 at 10:26 am

    Definitivamente isto pode ser aplicado facilmente à nossa vida. Quantas vezes nos deixamos abater por uma resposta negativa? Tanto respostas negativas quanto respostas positivas farão parte do nosso cotidiano, basta termos o bom senso e o equilibrio necessário para receber isso como somente uma resposta e não uma avaliação do seu potencial.
    Execelente matéria!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Desafios da Liderança

Um dos grandes desafios na carreira de qualquer profissional é se tornar um Líder. Entende…