Home Primeiro emprego Mercado trabalho: buffet infantil

Mercado trabalho: buffet infantil

4 min read
1
Mercado de trabalho em buffets infantis
Trabalhar em buffet infantil

As metrópoles brasileiras estão repletas de buffets infantis direcionados para as diferentes faixas etárias, de crianças aos adultos que possuem espíritos joviais. O mercado de trabalho do gênero funciona de forma a colaborar com significância na economia e geração de emprego, de maneira principal no Brasil, cuja maioria da população trabalha de modo informal, ou em outras nações que sofrem para gerar trabalho com carteira assinada.

Carteira de trabalho: trabalho em buffet infantil

Não se pode ignorar o fato de que não são todos os trabalhadores de buffets infantis que trabalham no mundo informal. Em termos gerais, normalmente as pessoas com carteira de trabalho trabalham de modo fixo na cozinha, faxina, direção e gerência.

A base de pirâmide, ou seja, monitoria, recepção e garçons contam apenas com o cachê equivalente ao dia da festa, levando em conta certo espaço de tempo que quando ultrapassado não é adicionado como hora extra, levando em consideração que a relação informal (sem carteira) não obriga que exista a prerrogativa, conforme as leis trabalhistas brasileiras, consideradas melhores de mundo, de acordo como o ministro do Trabalho e Emprego, Brizola Neto.

Primeiro emprego

O mercado de trabalho em buffets infantis está indicado de modo principal para pessoas que estão em busca do primeiro emprego e quê ainda não terminaram o ensino médio ou acabaram de chegar ao curso superior e possuem pouco tempo de acadêmica para ingressar nos estágios. Inclusive estagiários podem dividir o tempo integral com emprego do gênero no sentido de arrecadar maior renda no salário do mês.

Não dormir no ponto

Ingressar no trabalho em buffets infantis para quem nunca trabalhou pode trazer satisfações que encantam os olhos, como a sensação de ter dinheiro a gastar com lazer, representando o começo da fase de autonomia. A vida traz o sentimento de melhoras que pode ser passageiro conforme o avanço na idade.

Trabalhadores jovens precisam ter em mente que é necessário investir na educação e carreira profissional no sentido de procurar trabalho dentro da verdadeira carreira acadêmica. Ficar estagnado aos cachês dos buffets infantis representa alto risco em longo prazo.

Aos poucos o trabalhador informal percebe que trabalha muito mais pelo que ganha pela hora de serviço trabalhada, em principal nos buffets infantis, levando em conta que empresas para eventos luxuosos ou de maior porte que atua em outros setores (Casamentos, festas de empresas, celebridades, formaturas, entre outros) trazem não apenas cachês maiores como também mais chances de promoção à carteira de trabalho.

Leia mais:

Foto: sweetzoecatering.blogspot.com

One Comment

  1. wanessa Lopes

    20 dezembro, 2014 at 3:45 pm

    Gostaria muito de trabalha em buffet Infantil porém não tenho experiencia , Mais tenho boa vontade de aprender e ajudar a empresa , amo crianças , tenho bastante paciência e queria tê uma oportunidade de mostra minha capacidade , meu nome é wanessa tenho 21 anos , moro na zona Norte .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…