Home Formação A Educação a Distância cresce no Brasil

A Educação a Distância cresce no Brasil

6 min read
0
A Educação a Distância é uma boa opção para conquistar uma certificação universitária

Com o tempo se tornando um bem cada vez mais valioso, a Educação a Distância, ou EAD como é conhecida, está ganhando espaço e reconhecimento no Brasil.

Tanto para quem quer fazer a primeira graduação, quanto para quem quer fazer mestrado em universidades estrangeiras, a EAD é uma opção que se encaixa muito bem nas necessidades dos dias atuais.

Entre as razões que levam os alunos a escolherem um curso neste formato, a mais citada é a falta de tempo para frequentar aulas em horários fixos.

Atualmente, podemos encontrar desde opções em graduação tecnológica até doutorado, isso para não citar outros cursos rápidos que também são oferecidos nesse formato.

No Brasil, esta modalidade de ensino ainda sofre preconceito do mercado de trabalho, porém, aos poucos ela está conquistando o mesmo reconhecimento que tem no exterior, onde já está em uma fase mais madura.

O ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), que avalia a qualidade do Ensino Superior no Brasil, já mostrou que em termos de resultados, a EAD é equivalente à educação presencial. Em 2010, entre os cerca de 2 mil alunos de mais de 40 instituições de ensino superior nas modalidades presencial e a distância que fizeram o exame, o melhor resultado geral foi obtido por um aluno de um curso a distância.

Além disso, nas últimas edições do  exame, as duas modalidades apresentaram desempenhos semelhantes.

Para escolher um curso em EAD tenha os mesmos cuidados que você teria ao escolher um curso presencial. Antes de tudo, verifique se a instituição é credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC).

Depois disso, verifique o conteúdo, a carga horária, como e onde ocorrem apresentações, provas ou encontros presenciais, a forma de interação, a disponibilidade dos professores ou tutores, a necessidade de compra de material como vídeos e apostilas e o preço.

Existem outros fatores que servem para avaliar um curso em EAD, mas não se esqueça de que o resultado final também depende da sua dedicação.

Algumas pessoas escolhem essa modalidade por pensarem que terão horário totalmente flexível para estudar, porém em alguns casos, é exigida a participação em aulas virtuais ou grupos de estudos em horários fixos, além de encontros presenciais regulares.

Além disso, é preciso ter muita disciplina para concluir um curso a distância. O aluno precisa criar uma rotina, que geralmente é mais difícil de seguir quando se está casa, pois existem interferências da família, televisão e claro, da própria internet.

Da mesma forma que facilita o acesso de jovens do interior do Brasil à educação em boas instituições, a EAD também possibilita que estudantes brasileiros possam conquistar a certificação de uma universidade estrangeira.

Para quem procura uma certificação internacional, a realização de um curso a distância de uma universidade estrangeira reduz significativamente os gastos, já que em alguns casos o estudante não precisa viajar até outro país para realizar as provas. Algumas das muitas instituições estrangeiras que oferecem cursos a distância são a American World University (EUA), a UNED (Espanha) e a UAb (Portugal).

Assim como o sistema de ensino presencial, a EAD possui suas vantagens e deficiências. No entanto, é impossível negar que ela está em franco crescimento, e será cada vez mais bem aceita tanto por estudantes, quanto pelo mercado de trabalho.

Foto: National University no Flickr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Desafios da Liderança

Um dos grandes desafios na carreira de qualquer profissional é se tornar um Líder. Entende…