Home Condições de trabalho A importância do repertório cultural na vida profissional

A importância do repertório cultural na vida profissional

4 min read
0
As atividades culturais podem melhorar a vida profissional

Do trabalho de casa. De casa para o trabalho. Essa, infelizmente, é a rotina de muitas pessoas que, por falta de tempo ou muito cansaço, acabam ficando o final de semana inteiro tentando repor as energias e praticamente assassinam sua vida cultural.

Por mais complicado que possa parecer nos dias de hoje, vale a pena investir tempo lendo bons livros, vendo bons filmes e visitar alguma exposição ou comparecer a uma peça de teatro. Por que fazer isso? Você pode perguntar. A resposta é simples: para melhorar a sua vida, tanto no lado pessoal como profissional.

Ao entrar em contato com atividades culturais você passa a receber informações diferentes, a conhecer novos pontos de vista, novas histórias e diversos modos de se levar a vida. E isso se mostra um grande diferencial nessa época em que, independente da posição ou cargo que se ocupa, criatividade é um dos mais importantes pré-requisitos.

Claro que existem pessoas com pendor natural para a criatividade e outras que precisam trabalhar esse aspecto. Porém, algo importante de se ter na mente é que uma ideia criativa não surge “do nada”. Muito pelo contrário. Assim como dizia Chacrinha: nada se cria, tudo se copia.

A maioria das ideias criativas [até mesmo as mais revolucionárias] surgiu a partir do conceito de se usar algo que já existe [seja um objeto ou uma fórmula] sob uma concepção diferente. E essas ideias normalmente são inspiradas de coisas com as quais o inventor possuiu contato e que, sem isso, não teria chance de inventar algo novo.

Assim também é no mundo de trabalho: conhecendo novas culturas, podemos pensar em novas maneiras de se executar um processo de maneira diferente, ou uma ideia para uma ação ou propaganda. Até mesmo outro jeito mais eficiente de se fabricar um produto.

As novas ideias surgem quando damos espaço para que elas possam crescer e fornecemos novos conhecimentos para alimentá-las enquanto não ganham sua forma completa.

E caso você, no momento, realmente não ter tempo para fazer algo assim, comece a olhar ao seu redor de uma maneira diferente. Repare no caminho que você faz ao voltar para casa, nas pessoas (conhecidas ou não) que você encontra pelo caminho e nas situações que acontecem durante o seu retorno para casa.

Abra-se para o mundo que ele lhe trará coisas interessantes!

Foto: Oliver Alex

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Quer se tornar um trabalhador temporário?

Mesmo que adotado por um número pequeno de pessoas no Brasil, o trabalho temporário é uma …