Home Salário do trabalhador Abono Salarial 2012 – 2013

Abono Salarial 2012 – 2013

4 min read
0
Quase 14 milhões de pessoas receberam o abono salarial
Quase 14 milhões de pessoas receberam o abono salarial
Entre os diversos benefícios trabalhistas reservados aos trabalhadores o abono salarial está entre o mais esquecido, em parte pela desinformação ou mesmo falta de tempo em consequência das diversas tarefas reservadas à carreira profissional.

De qualquer forma, o benefício equivalente ao exercício de 2012/2013 foi pago para 67% dos trabalhadores, sendo que os saques injetaram o equivalente a R$ 8,4 milhões que fomentaram o consumo de grande parte dos funcionários com carteira assinada no Brasil, segundo afirma nota do MTE. Quase 14 milhões de pessoas receberam o abono salarial, de R$ 20,4 milhões de cidadãos que possuem direito em receber a quantia depositada na conta da Caixa.

Atenção: O Abono salarial está disponível entre 1° de julho de 2012 e se encerra em 28 de junho do ano de 2013.

Grande parte da cobertura acontece no Nordeste que pagou mais de R$ 3,2 milhões aos trabalhadores, taxa de cobertura equivalente a 73,86%, evidenciando assim que a maioria dos empregados que recebem até dois salários mínimos reside na região. A Paraíba obteve quase 80% da cobertura, representando 259 mil trabalhadores de 325 mil identificados. O Centro Oeste representou a menor taxa do país, com 64% de saques entre os empregados que possuem direito.

O Nordeste também foi campeão da geração de emprego em setembro de 2012. O destaque ficou por conta da região de Alagoas que gerou 27.572 postos de trabalhos, ficando acima de São Paulo, com 26.339 postos. O aumento na região nordeste representa crescimento direto de 1,17% se comparado com os dados computados em agosto.

A Indústria da Transformação foi responsável pelo desempenho na geração de emprego formal, isto é, de carteira assinada, gerando quase 43 mil vagas efetivas. Da respectiva contabilização, o destaque está em Pernambuco com 10.513 vagas. O Ceará, por sua vez, contabilizou 3.555 vagas das 9.478 vagas do setor de serviços.

Aumento Geração de Emprego

Entre os anos de 2009 e 2011 o número de trabalhadores com carteira assinada do Brasil aumentou em quase quatro milhões de trabalhadores, valores significativos, principalmente quando comparados com os índices de empregos apontados pelas grandes potências do capitalismo que sofrem reveses consideráveis em consequência da crise econômica mundial.

A quantia deixada de ser sacada não fica na conta da Caixa / PIS de maneira acumulativa. Ou seja, quem não sacar perde o valor que segue devolva ao Tesouro Nacional, que reorganiza as finanças para a próxima distribuição do abono salarial, concedido uma vez por ano, considerado como 14° salário para trabalhadores que recebem menos de dois salários mínimos.

Foto: desterronline.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…