Home Condições de trabalho As desvantagens do trabalho público

As desvantagens do trabalho público

4 min read
0
Ser funcionário público tem alguns inconvenientes

Burocracia ou salários à baixo do mercado são algumas das desvantagens do trabalho público. Com o fim do regime CLT, servidores são despedidos sem direito a nenhum tipo de benefício. Os piores cargos são os temporários.

É muito comum a crença de que o trabalho público é o melhor emprego do mundo devido à sua estabilidade trabalhista. Afinal, um servidor público dificilmente vai ser despedido antes de processos bem burocráticos. Porém, nem tudo é maravilha.

Existe burocracia para tudo, os salários estão bem à baixo das expectativas de mercado, ninguém sabe quem vai ser promovido. O clima de trabalho é péssimo, poucos estão empenhados em cordialidade. Afinal, qual é a maior desvantagem do trabalho público?

O radialista Marcos Gehringer diz que “no serviço público há também uma pressão menor por resultados, que permite ao funcionário ter uma vida fora da empresa. E um plano de aposentadoria de primeiro mundo”. Apesar da lei do Servidor Público n° 8112 /90 trazer claramente as obrigações de produção qualitativa do Serivor, bem como o art. 41, §1º, III, da Constituição Federal, se aposentar mais cedo é uma boa escolha.

Porém, a grande desvantagem é não ter mais trabalho registrado como CLT, mas sim como estatuário. Por exemplo, caso tenha trinta anos na profissão e seja despedido, com ou sem justa causa, você não vai ter fundo de garantia e nem seguro desemprego. A desvantagem também está com os cargos de servidor temporário.

Segundo Tatiana Freitas Borges, em “Contrato Temporário: Vantagens e desvantagens para o servidor público, “a rotatividade proveniente do modelo de contrato temporário, ou seja, com início e término estabelecido dificulta estabelecer a cultura organizacional, mesmo entendendo que haja inovação, o prosseguimento das atividades afeta a eficiência da organização”.

Também existe o cargo de Estagiário de Serviço Público, ou seja, outra vaga temporária. De acordo com a supervisora do serviço de consultoria virtual da Catho, Gláucia Santos, uma vantagem é “começar a desenvolver atividades na área em que pretende atuar”.

Por outro lado, isso pode ser uma desvantagem, observando que os conhecimentos nos órgão Públicos são muito restritos, ou seja, o estagiário só vai colocar as mãos em suas próprias incumbências, não existindo experiência e diálogo com outros setores. Sem contar que é muito difícil o estagiário ser efetivado, pois os cargos são efetivados através de concurso público.

Enfim, muitas vezes, o emprego público pode não ser a melhor escolha. A tranqüilidade da CLT, em empregos particulares de grandes empresas, pode trazer mais conquistas profissionais e financeiras. Cabe ao leitor escolher qual é o caminho ideal.

Foto:  Cincodías

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…