Home Dicas para o trabalhador Como limpar o nome na praça?

Como limpar o nome na praça?

5 min read
1
O Banco do Brasil é uma das entidades envolvidas neste processo

SPC, cheque sem fundo e título protestado, três grandes temores dos trabalhadores brasileiros endividados. O país que possui os maiores impostos do mundo se for levado o poder aquisitivo da maioria da população acaba pagando sério em diversos aspectos por ser altamente taxativo. Um bom exemplo é a lista de desempregados, ou mesmo empregados, inclusos na lista de devedores do país. Aprenda como limpar o nome na praça, tenha uma boa saúde financeira e evite o desemprego.

Na prática a maioria das empresas solicitam CPF na hora da entrevista e investigam a saúde financeira do candidato antes de confirmar a contratação. Caso o nome esteja sujo elas não contratam, porém jamais vão alegar que este é o legítimo motivo uma vez que as leis constitucionais e trabalhistas do país não permitem que este tipo de investigação seja realizada. Qualquer outra alegação vem à tona e mesmo o profissional qualificado pode ficar sem entender ao certo o motivo da dispensa.

Não tenha dúvidas, na hora que o dinheiro sobrar pague as dívidas para que as mesmas não acabem com suas oportunidades profissionais. Neste sentido vale até mesmo fazer alguns bicos com o intuito de arrecadar mais receita. Todavia, veja como proceder para limpar o seu nome:

SPC: A dívida no Sistema de Proteção ao Crédito é uma das mais naturais da população. Procure a Associação Comercial do munícipio ou da cidade munido de RG e CPF para verificar qual é o valor correto da dívida e negocie no ato a mesma com as diversas facilidades que existem nessas transações que buscam reativar o ativo financeiro.

Cheque sem fundo: Solucionar este problema é uma missão um pouco mais cansativa. É necessário buscar o banco emissor do cheque portando Carteira de Trabalho, CPF e RG. Devem ser solicitados a data, valor e número do cheque que foi devolvido. Depois busque a pessoa ou empresa que está com a dívida nas mãos e regularize o débito da mesma para efetuar a recuperação da ordem de pagamento.

Com tudo isso feito, elabore uma carta junto com o cheque e a taxa que deve ser gasta pela devolução do mesmo e protocole as cópias dos documentos para o Banco Central.

É necessário ter a certeza que o nome foi retirado também do Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundo. Momento onde o correntista adquire o protocolo de comunicação que atesta a ligação entre o banco emissor e o Banco do Brasil.

Título protestado: É necessário se dirigir ao Cartório responsável pelo registro do processo e buscar a certidão de protesto. Depois é só regularizar a dívida e solicitar uma carta que indica que a dívida foi sanada.

Por fim, reconheça firma, solicite o cancelamento no mesmo Cartório e encaminhe a certidão ao Serasa.

Foto: WikiMapa no Flickr 

One Comment

  1. Francisco

    16 setembro, 2011 at 12:32 pm

    Achei este guia com o que fazer quando o cheque é devolvido, quais são os motivos de devolução de cheques, como sair do cadastro de cheque sem fundo e o que fazer se o cheque já foi protestado. Também inclui modelos de cartas de declaração para o banco ou para o cartório, recomendo:

    http://oquefazer.net/o-que-fazer-quando-um-cheque-e-devolvido

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…