Home Formação Como reconhecer diplomas de mestrado e/ou doutorado expedidos por universidades estrangeiras

Como reconhecer diplomas de mestrado e/ou doutorado expedidos por universidades estrangeiras

5 min read
1

Brasil está com cenário positivo na geração de emprego se for levado em consideração outras grandes econômias mundiais. Inúmeros cidadãos brasileiros estão regressando à terra natal em busca de recolocação profissional. Interessante notar que inúmeras multinacionais migram trabalhadores para terras nacionais diariamente, principalmente para posições de nível superior com especialização no segmento produtivo. Entretanto, títulos acadêmicos obtidos nos exterior precisam ser validados por instituições acadêmicas brasileiras para serem consideradas oficiais. Aprenda como reconhecer diplomas de mestrado e/ou doutorado expedidos por universidades estrangeiras.

Aprenda como validar títulos acadêmicos estrangeiros
Aprenda como validar títulos acadêmicos estrangeiros

Universidades públicas ou privadas:

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (nº 9.394 de 1996), Art. 48, § 3º, todas as instituições de ensino superior reconhecidas pelo Ministério da Educação que contenha especialização semelhante possuem autorização para conceder este reconhecimento.

Professores das academias se reúnem e analisam documentos fornecidos com conteúdo programático devidamente incluso nos históricos. Qualquer requerente que não satisfaça as condições da junta avaliativa pode ser encaminhado à realização prova em língua portuguesa coordenada pela própria faculdade. Estudos adicionais também podem ser solicitados, principalmente para satisfazer mínimas condições indispensáveis em solos nacionais.

Instruções básicas!

Procurar pró-reitoria de centro acadêmico reconhecido com especialização superior semelhante e solicitar todos os documentos necessários que variam consideravelmente de acordo com as regras administrativas das academias. Quem conquistou formação dentro do MERCOSUL segue parecer previsto no CNE/CES n° 106/2007.

Faculdades possuem até seis meses para realizar pronuncia sobre a validação. Caso exista necessidade profissional ou acadêmica comprovada pelos interessados algumas instituições aceleram este processo. Basta levar as provas da alegação quando for realizar o primeiro contato.

Demanda por Mão de obra estrangeira:

Estudo realizado pela consultoria RH ManpowerGroup evidencia que empresas estão aumentando procura por trabalhadores estrangeiros, muitas vezes arcando até mesmo com custos de moradia e trâmites legais. Foram entrevistadas 400 empresas com caráter de multinacional, 14% afirmaram estar procurando força-de-trabalho estrangeira, sendo que 20% já empregam pelo menos 20 funcionários.

Profissionais de nível técnico são os mais requisitados. Este tipo de trabalhador esta escasso em todo planeta, sendo que empresas estão mais dependentes desta força-de-trabalho diariamente, principalmente em épocas de crises, momento onde linhas produtivas precisam encontrar saídas criativas para gerar lucratividade.

Governantes aumentam de forma proposital a burocratização aos trabalhadores que desejam trabalhar no Brasil legalmente, principalmente quando as nações não fazem parte do MERCOSUL. Muitos empregadores desistem devido a necessidade de assegurar residência ou longo espera à regulamentação das documentações.

Países onde trabalhadores são procurados com maior veemência são: EUA, Argentina, Portugal, Alemanha e Espanha.

Profissionais técnicos mais demandados: Engenheiros, professores, executivos e gerentes.

Leia mais:
Validação de diplomas!

Fonte: Portal.mec.gov.br

One Comment

  1. doutorados

    10 setembro, 2014 at 7:46 pm

    obrigado por esta publicação!!

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…