Home Entrevista de emprego Comportamentos não verbais em entrevista de emprego

Comportamentos não verbais em entrevista de emprego

4 min read
0
Comportamento em entrevista de emprego
Entrevista de emprego
Às vezes o que é dito não possui importância, mas sim as ações durante as respostas, como a velocidade em que se está falando.  Em outras palavras, embora as respostas dos candidatos às perguntas da entrevista influenciem nos votos da entrevista, os comportamentos não verbais também podem afetar julgamentos dos entrevistadores, representando assim ponto fundamental entre conseguir ou não ao cargo almejado. Dicas sobre comportamentos não verbais recorrentes em processos seletivos.

Existem diversos aspectos psicológicos que podem ou não trazer a conquista da entrevista de emprego. Entre estes pontos está o conjunto de comportamentos não verbais.

Comportamentos não verbais podem ser divididos em duas categorias principais: características vocais (por exemplo, articulação, afinação, fluência, frequência de pausas, velocidade,) e visuais (sorriso, contato visual, orientação do corpo e movimento). Muitas vezes atratividade física é incluída como parte do comportamento não verbal.

Existe algum debate sobre como o papel dos comportamentos não verbais podem desempenhar na entrevista. Alguns pesquisadores afirmam que afetam de maneira negativa, enquanto outros descobriram que têm impacto relativamente pequeno sobre os resultados finais, especialmente quando consideradas as qualificações apresentadas por candidatos em currículos.

Comportamentos recorrentes não verbais podem influenciar votos na entrevista através dos entrevistadores que fazem inferências sobre o candidato com base no comportamento. Por exemplo, os concorrentes que se envolvem em comportamentos não verbais positivos, como sorrir, são percebidos como mais simpático, confiáveis, bem sucedidos, qualificados, motivados, competentes e socialmente aceitáveis.

Estes candidatos também estão previstos para serem melhores aceitos e satisfeitos com a organização de contratados. Respostas verbais e comportamentos não verbais podem transmitir algumas das mesmas informações sobre o requerente. No entanto, apesar de toda a informação compartilhada entre o conteúdo e o comportamento não verbal, é claro que candidatos preveem avaliações da entrevista com extensão para além do conteúdo dito, e, portanto, são essenciais aos candidatos e entrevistadores, igualmente conscientes do impacto.

Para contratar os melhores candidatos para o trabalho, entrevistadores medem julgamentos com requerentes físicos. Ou seja, atração física não é necessariamente relacionada à forma como se pode fazer o trabalho, mas foi encontrada por influenciar avaliações e julgamentos entrevistador sobre como adequado se é para desempenhas as rotinas trabalhistas.

Uma vez que os indivíduos são classificados como atraentes ou não, os entrevistadores podem ter expectativas. Como resultado, concorrentes possuem vantagens favoráveis na conquista pelo trabalho. Psicologicamente, as pessoas que pensam que o outro é fisicamente atraente tendem a ter impressões positivas iniciais.

Foto: jojinterview.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…