Home Formação Crescimento Curso Superior na Região Sul

Crescimento Curso Superior na Região Sul

4 min read
0
Segundo o Reuni, Região Sul vai ganhar 33 novas Grandes Unidades de Ensino Superior até 2014

Desenvolvimento econômico não deve estar ligado apenas o desenvolvimento de empresas nacionais. Educação de qualidade representa aspecto primordial para que os empreendedores possam contar com mão-de-obra qualificada, consequentemente agregando relativo valor econômico para o tesouro nacional. O Brasil está com cenário positivo se for levado em conta os tempos de crise mundial.

Entretanto, a desigualdade social ainda representa uma das maiores do mundo. Para acabar com esta problemática, não existe alternativa a não ser abrir os cofres públicos para investir em educação. Há longos anos o país sofre com esta problemática, sendo que governantes atuais almejam encontrar a solução com programas que servem para distribuir verbas de forma organizada. Segundo o Reuni (Reestruturação e Expansão das Universidades Federais), Região Sul vai ganhar 33 novas Grandes Unidades de Ensino Superior até 2014.

Os jovens do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul estão aguardando com ansiedade as implementações das obras. Somente nos últimos oito anos foram abertas seis universidades e outros seis institutos federais nas regiões relacionados com tecnologia, ciência ou educação.

Paraná: Logo no primeiro ano em que o Reuni foi colocado em prática pelo governo foi construída a UTFPR – Universidade Tecnologia do Paraná – motivo de modelo para demais inciativas por todo o país. Este projeto transformou o antigo CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica) em uma instituição com extrema relevância internacional.

A UNILA (Universidade Federal da Integração Latino-Americana) também foi entregue principalmente devido às ações do Reuni. No ano de 2003 haviam 32.695 matrículas oferecidas pelo estado. Já em 2010 existiram 77.955, mais do que o dobro.

Santa Catarina: Criada a UFFS (Universidade Federal da fronteira do Sul) que praticamente atende as três regiões federais. Instalados dezesseis novos Campus na rede profissional relacionada com ciência, tecnologia e ensino técnico. Até 2014 serão viabilizadas 75 mil novas matrículas em todo o estado.

Rio Grande do Sul: Em 2003 existiam apenas 44.317 matrículas oferecidas. Deste este período até 2010 foram criadas 70 mil novas vagas, causando grande expansão neste nível de discussão. O destaque também está na área dos cursos técnicos, uma das mais demandas pelo mercado profissional em todo o mundo.

Foi incentivada criação de doze cursos técnicos no ano de 2003, enquanto que em oitos anos forma criadas mais uma dúzia, sendo que em mais 16 as construções já começaram.  Especialistas indicam que caso todas as obras estejam de pé até 2014 vai ser gerado acréscimo de 44 mil matrículas novas em todo estado gaúcho.

Leia mais:
IES – Sistema de Instituições de Educação Superior
IES – Sistema de Instituições de Educação Superior

Foto: unb.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…