Home Mercado de trabalho Demanda por mão-de-obra estrangeira aumenta no Brasil

Demanda por mão-de-obra estrangeira aumenta no Brasil

4 min read
1
Muitas estrangeiros buscam oportunidade no Brasil

Há algumas décadas, graduados brasileiros conseguiam bolsa do governo para fazer pós-graduação em terras nacionais e internacionais no intuito de qualificarem melhor o próprio mercado de trabalho brasileiro. Entretanto, ocorria uma fuga massiva desta força de trabalho para empresas estrangeiras, sendo que tecnologia e salários mais altos eram duas explicações cruciais para todo o processo.

Porém, hoje em dia, com a resistência brasileira em épocas de crise, não só os especialistas brasileiros ficam como empreendedores verde e amarelo buscam avidamente por mão de obra internacional. Empresas nacionais buscam mão de obra estrangeira devido ao despreparo da população interna. Confira dicas sobre trabalhos e estudos no exterior.

O país poderia crescer qualificadamente, disputando a liderança entres as nações com maior poder econômico do planeta. Entretanto, a carência de profissionais preparados nas mais remotas áreas interrompe consideravelmente toda impulsão econômica e liderança esperada desde nossa Independência da República.

Dados estatísticos!

Um grande paradigma foi o trabalho realizado pela consultoria RH ManpowerGroup, divulgado nos maiores jornais impressos e virtuais da mídia brasileira – apontando índice de 14% relacionado com grandes empregadores nacionais que buscam avidamente por trabalhadores no exterior. Este trabalho conta com índices de 400 empresas com atuação em terras nacionais, sendo que 20% possui pelo menos algum trabalhador estrangeiro. Sendo que 13% já possuem mais de 20 funcionários.

Burocratização na contratação!

Vale ressaltar que mesmo com a demanda aumentando diariamente o processo ainda se torna muito burocrático. Muitos empregadores desistem de contratar estrangeiros devido ao rigor das leis nacionais. Sendo esta uma manobra jurídica do legislativo altamente intervencionista.

De fato, grande parte da população perderia cargos de alto escalão, enfraquecendo diretamente o poder da produção legitimamente nacional. Os nossos legisladores acertam no caráter competitivo, mas ainda pecam na preparação da mão-de-obra brasileira.

Existem outros aspectos prejudiciais: Alto custo de expatriação, choque cultural, demora na adaptação, idiomas extremamente antagônicos em suas raízes e segurança pública são alguns paradigmas.

Estereótipo Internacional: Outro aspecto apontado por alguns especialistas e críticos da área é a imagem da corporação. Empresas de alto padrão possuem tendências mais europeias em todas suas regras coorporativas. Neste sentido, marketing estrangeiro acaba superando todos os altos custos que agregam estes ajustamentos profissionais. Experiência no continente europeu representa bastante valor para os grandes negócios privados da nossa República.

Profissionais técnicos estão amplamente em vantagem nesta demanda profissional. Sequencialmente estão:

  • Engenheiros
  • Professores
  • Executivos
  • Gerentes

Vale ressaltar os países mais procurados para este tipo de contratação:

  • EUA
  • Argentina
  • Portugal
  • Alemanha
  • Espanha

Foto: momentimages

One Comment

  1. Fátima

    18 dezembro, 2011 at 2:59 pm

    Muito obrigada, muito interessante

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…