Home Entrevista de emprego Dinâmicas de grupo: como se comportar?

Dinâmicas de grupo: como se comportar?

5 min read
0
As dinâmicas de grupo são bastante comuns em entrevistas de emprego

Não é segredo que o mercado de trabalho anda cada vez mais concorrido: a cada ano as pessoas se preparam mais e agora, além de um currículo atualizado, a capacidade de raciocínio do candidato ao emprego é cada vez mais valorizada.  Por isso que, em toda a entrevista de emprego em que formos participar, temos que dar o melhor de nós mesmos, pois menos do que isso não será o suficiente.

Mas, como em tudo na vida, a seleção para uma vaga sempre tem uma parte que mais amedronta o candidato. E essa etapa é, em cada nove de dez entrevistados, a dinâmica de grupo das entrevistas de emprego. Não tem jeito: é entrar na sala com os outros candidatos, ver as cadeiras dispostas em forma de círculo, olhar a coordenadora da dinâmica sentada em uma das cadeiras e começar a entrar em pânico, imaginando um sem-número de coisas que podem acontecer e tendo a certeza de que não está preparado o suficiente para passar à próxima etapa da seleção.

O importante nessas horas é saber controlar a sua ansiedade e prestar o máximo de atenção no que a coordenadora fala. E, para diminuir a tensão, seguem algumas dicas que podem ser de grande ajuda para enfrentar uma dinâmica:

Dinâmicas servem para avaliar quais são os candidatos que possuem as características certas para o perfil que a empresa procura. Mas, de modo geral, os aspectos mais avaliados em uma seletiva são a autoconfiança, a pró-atividade e a capacidade para trabalhar em equipe de forma harmoniosa.

Muitas dinâmicas possuem avaliações relacionadas ao meio de atuação da empresa. Então nada melhor do que fazer a “lição de casa”, antes de ir para entrevista: entre no site da empresa e veja para qual área ela trabalha, quais são seus clientes mais expressivos e quais foram as últimas notícias que saíram sobre ela na mídia. Isso só conta pontos ao seu favor.

– Atenção especial com a linguagem: nada de gírias e muito menos palavrões. Mas também não é preciso se dirigir ao recrutador chamando-o de “Vossa Senhoria”. Seja educado e respeitoso.

Também é muito importante estar vestido de acordo com a vaga que pretende conquistar. Se estiver na dúvida sobre o que vestir, use algo mais social (é melhor pecar pelo excesso do que pela falta). E você também pode ler as dicas deste post sobre como se vestir em uma entrevistas de emprego.

E, por último, a pergunta que mais martela na cabeça dos entrevistados: como se comportar durante a dinâmica? O importante é tentar ser natural ao máximo deixar a sua presença marcada na memória do recrutador. E para isso não é necessário fazer mil perguntas ou falar alto demais, basta saber falar na hora certa e no momento certo (lembre do que foi dito no começo do post,  sobre prestar atenção no que o recrutador fala?). E, caso a sua timidez seja muito grande, comece a treinar olhando para o espelho ou com um amigo a fim de perder a inibição.

Foto: Buscarempleo.es

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Quer se tornar um trabalhador temporário?

Mesmo que adotado por um número pequeno de pessoas no Brasil, o trabalho temporário é uma …