Home Formação Estou formado na faculdade, e agora?

Estou formado na faculdade, e agora?

4 min read
0
Cerimônia de formatura de uma universidade

O diploma acadêmico é um dos grandes sonhos de qualquer jovem instruído. Hoje em dia é muito fácil entrar em uma faculdade, o difícil é sair. As problemáticas ocorrem por diversos fatores: econômicos, satisfação do curso a médio-prazo, dificuldade do conteúdo. O sonho pode se tornar pesadelo rapidamente, por isso, completar o ensino-superior e conquistar o diploma é sem dúvidas motivo de comemoração. Porém, depois de tudo, como prosseguir? Confira algumas dicas sobre o que fazer depois de se formar na faculdade.

– Formados com experiência e empregados na área: Se você está empregado na área e gosta da especialidade siga direto para uma pós-graduação. Dependendo do seu nível de conhecimento teórico e prático prossiga para um mestrado. O mais importante é não perder tempo, pois o mercado de trabalho é muito rotativo e o desemprego pode bater subitamente à sua porta. Diante a alta competividade requerida, todos os dias mais jovens se especializam e trazem novas soluções executadas com menos tempo e custo oriundos de conhecimentos estudos especializados agregados.

– Se você está empregado na área e não gosta da especialidade é a hora de refletir. Qual caminho prosseguir? Dinheiro ou coração? Tenha em mente que se você está executando a função por mais de seis meses é que o trabalho está bem aceito, com especialização, o seu salário aumentará. Agora se deseja sair: Continue trabalhando, pague a pós-graduação e comece a procurar à vaga realmente desejada. Porém, não vacile, não descuide do trabalho atual, sempre produza quantitativamente e qualitativamente bem.

– Formados com experiência que não atuam na área: Analise o seu trabalho atual, entenda se está à beira de ser promovido ou despedido, se é ou não notado no trabalho, se existe uma grande poupança para largar o emprego e ir atrás do sonho de atuar na área. Você também pode buscar vagas novas trabalhando fora da área e arriscando uma especialização. Mas lembre-se que é necessário tempo para as diversas baterias de entrevistas. Faça um balanço bem reflexivo entre suas situações financeiras e condições atuais no trabalho antes de tomar a decisão.

– Formados sem experiência: Se você trabalha em outra área e está bem colocado no trabalho faça uma especialização que agregue formação acadêmica com emprego atual. Um administrador que trabalha contabilidade pode fazer uma especialização contábil, assim ganha status pela formação e pela função exercida. Seja inteligente e equilibre os fatores antes de se especializar.

Agora, os que não trabalham, não possuem experiência e são graduados, o melhor caminho é cursar curso técnico. Procure um que tenha haver com a formação, melhor método para finalmente estagiar na área mesmo depois de formado.

Foto: Universidad Europea de Madrid no Flickr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…