Home Mercado de trabalho O investimento estrangeiro vai crescer muito no Brasil

O investimento estrangeiro vai crescer muito no Brasil

5 min read
3
Edifício do Banco Central do Brasil

O Brasil é uma economia em crescimento:não há dúvida. O ano passado, o país da América Latina recebeu 48,462 milhões de dólares em investimento estrangeiro produtivo, um valor histórico que ajudou a compensar o déficit recorde em sua balança de transações correntes com o exterior, de acordo com informações prestadas pelo Banco Central.

O investimento estrangeiro em projetos produtivos no Brasil em 2010 foi 86,7% superior ao de 2009 e ultrapassou 45 mil milhões de dólares recebidos em 2008, que até agora tinha sido o maior da história.

Batendo previsões do governo:

O investimento estrangeiro em 2010 foi tão abundante que mesmo excedeu significativamente o esperado pelo Governo para esse ano, ele havia avaliado em 38 mil milhões de dólares, número que foi largamente ultrapassado.

A principal causa reside nas excelentes figuras apresentadas em dezembro, mês durante o qual os estrangeiros levaram 15.360 milhões, recorde para um único mês.

“Algumas operações que eram esperadas para o início de 2011, se concretizaram no final de 2010, como um vale de 7.100 bilhões da indústria do petróleo”, disse o diretor de Departamento Econômico do Banco Central, Altamir Lopes, referindo-se a uma operação da companhia petrolífera espanhola Repsol YPF: A empresa assinou um acordo com a Sinopec para desenvolver conjuntamente projetos de exploração e produção que o país possui e fornecer à empresa o valor de 17.773 milhões do dólares.

Qual foi a origem do investimento?

Os números revelam que a principal fonte de investimento para Brasil é a Europa, muito à frente dos vizinhos da América do Norte ou as economias emergentes da Ásia: Segundo o Banco Central, a principal fonte de investimento estrangeiro direto no Brasil no ano passado foi  Luxemburgo (8.630 milhões), seguido pelos Países Baixos (6.690 milhões) e Suíça (6.430 milhões de dólares).

O setor que atraiu mais investimento estrangeiro em 2010 foi o industrial (19.300 milhões), seguido pelo primário (agricultura, mineração e petróleo), que atraiu 18.150 milhões, dos quais 9.920 milhões foram para a extração petróleo.

Insuficiente para compensar o déficit em 2011:

O Banco Central espera que os investimentos estrangeiros diretos em 2011 cheguem a 45.000 milhões de dólares, valor insuficiente para financiar o déficit no saldo da conta corrente, que este ano está estimada em 64.000 milhões.

A produção do investimento estrangeiro foi suficiente para cobrir o déficit nas contas externas em 2010, mas este foi o maior da história do Brasil, atingindo 47.518 milhões de dólares, equivalente a 2,28% Produto Interno Bruto (PIB).

Até agora, o maior déficit da história do Brasil remontava a 1998, quando atingiu 33.400 milhões de dólares, bem acima dos 24,3 mil milhões em 2009.

No entanto, a previsão é de que a situação se tornará ainda mais grave este ano, quando o déficit deve chegar a 64 mil milhões de dólares.

Foto: Sheep”R”Us no Flickr

3 Comments

  1. Raquel

    3 junho, 2011 at 2:14 pm

    Que legal ¡¡¡

    Reply

  2. Raquel

    14 janeiro, 2012 at 3:58 pm

    Voce nao escreve muito, só tem um artigo. Mas é interesante.

    Reply

  3. The Diktyo

    16 setembro, 2013 at 11:45 am

    Muito obrigado pelo seu comentário, Raquel!

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.