Home Trabalho no exterior Mercado de trabalho na Itália: Saiba como anda

Mercado de trabalho na Itália: Saiba como anda

5 min read
2
Confira dicas para trabalhar na Italia
Confira dicas para trabalhar na Italia

Em busca de novas oportunidades de trabalho, muitos brasileiros deixam o país para tentar a estabilidade financeira e o desenvolvimento profissional em outros países. O destino mais procurado continua sendo os Estados Unidos, porém, depois da crise financeira de 2008, a Europa, menos afetada na ocasião, se tornou uma opção para quem pretende trabalhar em outro país.

Um dos países favoritos dos brasileiros é a Itália, devido à cultura e o acolhimento da população, semelhante ao encontrado por estrangeiros no Brasil. A língua também é uma fator positivo para os brasileiros que pretendem trabalhar na Itália. O idioma, proveniente do latim, é mais fácil de ser aprendido e, além disso, é possível ter um entendimento entre o brasileiro e o italiano mesmo que ambos não falem a mesma língua.

Mercado de trabalho italiano
Atualmente, a Itália não passa por um momento favorável para quem busca um emprego. Os problemas econômicos e sociais levaram o país a inserir duras reformas para reduzir as dívidas e as contas públicas. Muitos trabalhadores estão realizando greves devido ao aumento dos impostos. Com esses problemas, o mercado se torna mais restrito, principalmente para os estrangeiros.

No entanto, os trabalhadores que almejam um emprego no ramo de serviços gerais têm mais facilidades de encontrar um trabalho. A situação se complica para profissionais que procuram emprego de nível superior, já que com o aumento do desemprego no país, os próprios italianos com mão-de-obra qualificada estão em busca de um novo emprego.

Como conseguir um emprego com segurança?
Caso a pessoa não more na Itália e está pretendendo arrumar um emprego no país, uma alternativa é procurar as agências de emprego que oferecem oportunidades de trabalho de um modo mais seguro. As agências não cobram nada pelo serviço prestado, já que são os empregadores os responsáveis pelo pagamento desse serviço.

Para não perder a viagem ao procurar por uma agência de emprego, é preciso levar toda a documentação que comprove sua liberação de trabalho na Itália o chamado “autorizzazione al lavoro“.

Visto italiano
Quando a opção é viajar para a Itália em busca de um emprego, a pessoa precisará  comparecer a uma unidade do consulado ou embaixada italiana e solicitar a autorização de permanência superior aos 90 dias estipulados no acordo internacional.

Para fazer o requerimento do visto e garantir a entrada no país, é preciso portar o passaporte, RG, comprovante de residência, duas fotos 3×4, e preencher um formulário que deverá ser entregue ao consulado italiano. Também é preciso solicitar uma autorização emitida pelo Ministério do Trabalho e o atestado liberatório da Polícia Federal italiana, para que o visto de trabalho possa ser liberado

Porém, a liberação do visto está sujeito à disponibilidade das cotas anuais, fixadas pelas autoridades italianas aos estrangeiros.

2 Comments

  1. Barbara Bueno

    17 fevereiro, 2012 at 6:29 am

    Realmente vir para a Italia em busca de emprego neste início de 2012 não é uma boa idéia. O ideal seria esperar um pouco para ver se baixa essa poeira da crise, que não é apenas italiana e sim européia.
    A Grécia está realmente em uma situação desesperada e os jornais começam a questionar se será possível a existência do EURO se a Grécia falir. Imagina o caos…

    Reply

  2. MAURI

    16 janeiro, 2013 at 2:04 pm

    Mauri Mendes,sou diretor de fotografia na produtora farol, em Curitiba parana

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Em busca da estabilidade, profissionais investem em concursos públicos

Para muitos brasileiros alcançar a estabilidade financeira e profissional só é possível po…