Home Dicas para o trabalhador Meu chefe sai de férias e eu fico no comando, e agora?

Meu chefe sai de férias e eu fico no comando, e agora?

5 min read
0
Chefe sai de férias
Chefe saiu de férias, que fazer?

O chefe saiu de férias. Esse com certeza é um acontecimento que mexe com toda a empresa. Mas essa pode não ser uma boa novidade para todos. Quando quem manda sai é preciso que alguém fique no seu lugar, acumule responsabilidades e lidere os colegas. Esse papel de substituto nunca é fácil, por isso trazemos dicas de como agir quando o chefe sair e você fica no comando.

A primeira grande dificuldade quando uma situação como essa é o acúmulo de funções. Você, antes do chefe sair de férias, possuía suas atribuições, tarefas e responsabilidades. Quando se depara com a situação de substituir o chefe acaba acumulando várias das funções e tarefas dele, ou seja, trabalha redobrado. Contudo essa é apenas uma das dificuldades enfrentadas numa situação como essa, e pode ser driblada com dedicação e responsabilidade, mas e a questão das relações com os colegas?

Normalmente, todos respeitam o chefe, isso porque sua posição de liderança está consolidada, há uma forte relação de poder e hierarquia. No entanto, quando o chefe sai de férias e outro funcionário fica em seu lugar a situação se apresenta de outra forma. O funcionário que ficou no lugar do chefe possui as mesmas atribuições que esse, e espera-se dele também liderança, mas trata-se apenas de um cargo temporário e o poder e a hierarquia ficam abaladas, afinal em de um dia para o outro o colega virou chefe e pior voltará em breve para a posição de colega.

Com esse panorama uma grande dificuldade enfrentada pelo substituto do chefe é a falta de legitimidade na função por parte dos colegas. Se você agir com superioridade e autoridade será taxado de prepotente e que o “poder subiu à cabeça”, se não souber se impor poderá ser tratado com desrespeito e ver a situação dentro da empresa fugir do controle. A grande dica de como agir nesses momentos é com bom senso.

Lembre-se que você de fato não é o chefe, mas lembre seus colegas e agora subordinados que você ocupa essa posição mesmo que temporária, pois possui influência e importância dentro da empresa, de modo que se não for respeitado terá que repassar os acontecimentos ao chefe quando ele voltar. Conte também com a amizade, não para conceder favorecimentos, mas para que compreendam a situação difícil em que se encontra e então possam oferecer apoio e ajuda no acúmulo da função.

A dica de ouro é não mudar quem é por ter assumido uma posição diferente na empresa, tampouco tentar mostrar mais serviço para usurpar o cargo do chefe. Ter sido escolhido como substituto do chefe nas férias é uma prova do prestígio que possui dentro da empresa pelo trabalho que já vem realizando, aproveite o momento para melhorar ainda mais as relações dentro do trabalho e assim continuar ganhando espaço sem precisar prejudicar ninguém.

Leia mais sobre a relação entre chefes e empregados:

Foto: tabloideaescmamao.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Saiba mais sobre franquias virtuais

As franquias virtuais, ainda não muito conhecidas no Brasil são uma forma cada vez mais po…