Home Trabalho Autônomo Motorista carreteiro em Salvador

Motorista carreteiro em Salvador

4 min read
2
O caminhoneiro pode ganhar um monte de dinheiro quando se trabalha como autônomo em Salvador

Sem dúvidas o trabalho de carreteiro é bem solitário. A saudade da família é um dos sentimentos mais presentes. Sem contar as poucas horas de sono. Porém, diante as vagas bem renumeradas oferecidas à área, muitos estão, até mesmo, trocando suas usuais profissões para trabalhar como carreteiro. Uma região que está em destaque é Salvador, onde as renumerações para os autônomos podem chegar em 1000 reais semanais. Os caminhoneiros mais experientes preferem trabalho autônomo ao emprego fixo das empresas. Já os que não possuem experiência as empresas rejeitam. Os salários dos trabalhadores independentes são maiores, fora que eles não possuem chefes e fazem o próprio horário. O mercado de trabalho para motoristas carreteiros em Salvador está aquecido.

O nível de escolaridade para exercer a profissão em qualquer tipo de regime é o ensino fundamental, uma ótima solução para quem quer mudar de área. Em Salvador existem tantas vagas que o motorista autônomo pode escolher se prefere adentrar às grandes rodovias federais com destino a outros Estados ou ficar rodando somente na região metropolitana. Muitos escolhem a segunda opção uma vez que a distância à família diminui. Contudo, independente da opção, o carreteiro autônomo tem o livre arbítrio de selecionar a carga que quiser.

Em Salvador, o motorista carreteiro registrado por empresa recebe mediamente um salário base de 1.100 reais para transportar carga simples acima de 18 toneladas. Os fretes com produtos perigosos, como os inflamáveis, pagam normalmente 2.000 reais mais 30% por adicional de periculosidade previsto na legislação trabalhista.

Já o caminhoneiro autônomo pode conseguir uma renda que varia entre 600 e 1000 reais semanais, dependendo do número de entregas feitas por dia. Para quem almeja trafegar sem sair da cidade o valor do frete varia entre 180 e 220 reais. À região metropolitana podem ser encontrados valores até 450 reais. Já para os que pretendem viajar para outros Estados e Cidades paga-se em média três reais por km rodado.

. É começar o trabalho hoje e estar empregado amanhã. Pode-se dizer que uma grande vantagem de trabalhar como caminhoneiro em Fortaleza é o mercado de trabalho. Diante a falta de profissionais do gênero as empresas buscam, a cada dia, mais motoristas. Contudo vale ressaltar que as baixas condições das estradas, poucas horas de sono, saudade da família e pouco policiamento que gera alto índice de assaltos são os fatores que justificam a falta de caminhoneiros não só no Estado como no país inteiro.

Foto: juank casado no Flickr

2 Comments

  1. cosme damiao dos santos

    26 julho, 2011 at 3:13 pm

    sou mtorista carreteiro gostaria de trab de mot carreta ai em salvador pois tem esperiencia com tamque de asfalto e de gas carbonico conheço bem o nordeste pois ja trab comm viagem p o nordeste pela salvador log de sao paulo trab com mudanças de ap p o recife fortalesa s luiz belem + ja tenho 62 anos saude muito boa faz dois meses q to trab com eletronica pois sou tec em eletronica tem desposisao p calquer tipo de viagem

    Reply

  2. Sérgio Luiz de Melo Dias

    25 setembro, 2012 at 5:47 pm

    Olá senhores,meu nome é Sérgio Luiz de Melo Dias,sou carioca,55 anos,viúvo,jornalista,publicitário e motorista categoria C. Estando desempregado,estou a disposição de qualquer empresa que queira investir em minha pessoa na formação de motorista carreteiro.Pois depois que o câncer levou a minha paixão com quem vivi 34 anos,dirigir pelo país,independente das adversidades que se pode ter,será o melhor remédio para amenizar as lembranças.É só ter lugar pra eu ficar e pegar no trampo.

    Cordialmente,Sérgio Luiz

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…