Home Formação Quer ser trainee? Veja algumas dicas que podem facilitar o seu caminho

Quer ser trainee? Veja algumas dicas que podem facilitar o seu caminho

4 min read
2
Confira as melhores dicas para ser trainee

Tanto para quem está terminando a faculdade como para os recém-formados, os programas de trainee são a “menina dos olhos”, por permitir maior tempo de aprendizado e conhecimento de outras áreas.

Como essas vagas estão cada vez mais disputadas, os candidatos precisam estar cada vez mais preparados para as etapas que terão que enfrentar durante o processo seletivo.  As dicas abaixo têm por objetivo ajudar a quem está se candidatando a uma vaga e não sabe muito bem o que fazer para aumentar suas chances de ser bem sucedido nessa empreitada:

Capriche no inglês: já faz tempo que inglês deixou de ser um artigo de luxo no currículo e passou a ser um item tão básico como o seu nome ou o endereço da sua rua [em algumas empresas já é exigido o conhecimento de um terceiro ou até quarto idioma]. Portanto, se dedicar ao estudo dessa língua pode fazer toda a diferença entre a aprovação ou rejeição de uma etapa num processo seletivo.  Para quem não pode estudar num curso regular, existem diversos sites que disponibilizam gratuitamente diversas lições de inglês, é só procurar, porque você pode aprender Inglês sem sair de casa.

Tenha foco: na ânsia de se conseguir abranger o maior número de possibilidades, muitos estudantes inscrevem-se em diversos programas de trainee, mesmo aqueles que possuem apenas o mínimo de compatibilidade com aquilo que ele deseja para a sua vida profissional. Além de ser algo errado [pois não permitirá ao jovem se dedicar de maneira adequada], também é bastante provável que uma etapa do processo seletivo venha a acontecer em duas empresas diferentes.

Aprenda sobre a empresa: essa dica está bem vinculada com a anterior. Ao escolher de forma mais criteriosa os processos seletivos que deseja participar, é possível conhecer muito mais sobre as empresas em que você deseja trabalhar. Não apenas a história ou a parte institucional, mas também ver como ela trabalha, quais são seus clientes, o tipo de profissional que ela normalmente contrata etc. A partir dessas informações fica mais fácil mostrar ao recrutador que você é um candidato que se ajusta perfeitamente ao perfil do quadro de funcionários.

Atualize-se: sempre se informar sobre o que acontece de novo na sua área de atuação é essencial; assim como participar de cursos, seminários, palestras e outros eventos que permitam estabelecer novos contatos e conhecer as últimas notícias sobre o mercado de trabalho. Mas essa constante reciclagem não pode se restringir apenas ao campo profissional: é importante ler jornais, revistas e livros, ouvir diferentes estilos musicais, assistir a filmes e procurar manter uma agenda cultural. Isso pode fazer toda a diferença numa conversa mais desenvolvida.

Ver, por exemplo, os programas de trainee para jovens no Itaú.

Foto: Or Hiltch

2 Comments

  1. Thiago Dantas

    15 setembro, 2011 at 5:07 pm

    Excelentes dicas!

    Reply

  2. Monica

    16 setembro, 2011 at 4:47 pm

    Olá Thiago,

    Obrigada, fico feliz que tenha gostado!

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Quer se tornar um trabalhador temporário?

Mesmo que adotado por um número pequeno de pessoas no Brasil, o trabalho temporário é uma …