Home Trabalho em redes sociais Redes sociais na vida profissional

Redes sociais na vida profissional

4 min read
0
As redes sociais no trabalho

Há dois lados da moeda, sendo que a escolha cabe ao próprio usuário. Já foi o tempo de que as redes sociais não eram levadas a sério por empresas. Atualmente grande parte dos selecionadores de vagas realizam pequenas investigações nos espaços colaborativos para saber mais informações sobre a moral dos trabalhadores. Afinal, Redes sociais ajudam ou atrapalham na vida profissional?

Necessário utilizar o ciberespaço com inteligência. O mercado de trabalho fica altamente concorrido entre os cargos de maior escalão. Todos os detalhes são importantes em processos seletivos. Com a internet facilitada os entrevistadores de emprego podem investigar o nível de moral dos candidatos nas redes sociais.

A prática é vista como anticonstitucional por se caracterizar em invasão de privacidade. No entanto, como provar que a investigação foi feita?

O perfil precisa estar completo no campo trabalho e preparação acadêmica. As redes sociais também servem para empregadores procurarem trabalhadores altamente capacitados para oferecer propostas de trabalho.

Escreva da mesma forma que o currículo, selecionadores costumam comparar as informações escritas no documento junto com as divulgadas nas redes sociais. A organização representa alta capacidade organizacional do candidato. Atualmente as principais redes têm espaços reservados completos para explicitar estes níveis informativos.

Ambientes corporativos não são espaços apenas para brincadeiras. Cuidado com as informações compartilhadas ou curtidas. Existem trabalhadores descuidados que alegam faltar no emprego por motivo de indisposição e são flagrados pelos chefes nas redes sociais.

Os recrutadores ficam atentos ao conteúdo moral veiculado, traçam perfis psicológicos e descobrem quais são os melhores candidatos para assumir a posição e representar a empresa dentro e fora do itinerário.

Grupos de trabalhos das redes sociais representam opções que ajudam. A maioria das informações é verdadeira, muitos são contratados depois de enviarem e-mails divulgados nestes ciberespaços.

São milhares de ofertas por dia para as diferentes profissões que compõe o mercado de trabalho mundial. Conteúdo informativo disponibilizado de forma gratuita. Algumas vezes é possível realizar o contato de forma direta com o recrutador.

Sites e agências estão frequentemente nos grupos publicando ofertas de emprego para as distintas regiões do país. Em um dia de pesquisa se pode enviar e-mail para diferentes ofertas. No entanto, candidatos precisam estar atentos dentro das dezenas de grupos que existem nos ciberespaços.

Também existem os grupos de especialistas, opção viável para estender a network profissional dentro da rede mundial de computadores. Assuntos sobre campos específicos de atuações são discutidos entre especialistas em diversos níveis que colaboram com a democratização da informação.

Foto: lunitadotcom.wordpress.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…