Home Mercado de trabalho Cresce a taxa de desemprego no Japão: Segundo semestre!

Cresce a taxa de desemprego no Japão: Segundo semestre!

4 min read
1
A taxa de desemprego japonesa

Japão significa trabalho. Talvez desde o final da Segunda Grande Guerra esta frase representa a grande imagem deste país. Conseguiu formar grande economia baseada principalmente na tecnologia de ponta nos mais antagônicos setores. Hoje em dia a taxa de desemprego dos japoneses é bastante baixa, principalmente se for levado em conta à importância desta nação para própria economia mundial. Entretanto, o desemprego está aumentando ligeiramente. Conheça algumas informações cruciais sobre desemprego no Japão neste segundo semestre.

Desemprego no Japão!

Em outubro deste ano a taxa de desemprego no Japão foi de 4,5%. Este valor está 0,4% superior ao índice medido em setembro, quando o governo japonês decretou não esperar certa regressão para o mês seguinte.

Principalmente com a oferta de trabalho ainda qualificada. De acordo com o Ministério do Interior e Comunicações são registrados 67 novos empregos para cada 100 cidadãos residentes no país.

O grande recorde dos últimos tempos ocorreu em julho de 2009, quando este índice atingiu 5,6%. Taxa considerada baixa em comparação com os cenários nos outros países com economia em potencial.

Quantos desempregados existem no Japão?

Segundo o mesmo Ministério do Trabalho japonês existem aproximadamente 2,9 milhões de desempregados no Japão. Em setembro a mesma taxa beirava na casa dos 2,4 milhões.

Quase 62,6 milhões de pessoas estavam empregadas em outubro, diminuição de 200 mil pessoas se comparado ao mês anterior.

Consumo na terra do sol nascente!

Os japoneses estão consumindo menos. Em outubro do ano passado este valor foi de 285.605 ienes. Neste ano, taxa 0,4% inferior. De certa forma esta queda encontra explicação na queda do poder executivo encontrado nos lares, 479.749 ienesregressão equivalente de 2%. Vale ressaltar que este aspecto está intimamente relacionado com a economia japonesa uma vez que o consumo representa aproximadamente 60% do PIB.

Nisseis!         

Muitos brasileiros descendentes chegam à região em busca de fortuna conquistada com muito trabalho. Sendo que muitos descendentes no mundo inteiro estão indo buscar emprego na terra dos seus antepassados. Vale ressaltar que o país possui políticas mais abertas e estimulantes para receber Nisseis.

Muitos Isseis (japoneses que migram qualquer continente americano) embarcaram à América em busca de novas oportunidades, principalmente na metade do século passado quando o país estava destruído, química e economicamente.

Depois de dezenas de anos esta pátria ainda possui a tradição milenar de cultuar seus líderes do passado. Justamente por este costume todos os Nisseis (descendentes de japoneses que migraram em solos continentais americanos) conseguem visto com menos burocracia.

Leia mais:

Foto: RicardoIto no Picasa

One Comment

  1. idaltenir bento ferreira

    23 fevereiro, 2012 at 9:52 am

    quero voltar a trabalhar no japao. obrigado.

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…