Home Procura de emprego Telemarketing: porta de entrada para o primeiro emprego

Telemarketing: porta de entrada para o primeiro emprego

4 min read
2

Para a maioria dos jovens que terminam a escola e ainda não fazem ideia da profissão que desejam seguir, a área de Telemarketing se mostra um porto seguro para quem precisa trabalhar, mas não possui experiência profissional ou um currículo repleto de cursos.

Antes malvisto pelo mercado de trabalho, o Telemarketing é uma boa porta de entrada no mercado de trabalho

O Telemarketing atua sob dois modelos: o ativo (em que o atendente liga para o consumidor, normalmente oferecendo algum produto ou serviço) e o receptivo (em que a ligação parte do consumidor para a empresa, para solicitar ou reclamar sobre algum produto). Sua principal aplicação no Brasil é através do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC).

Antes malvista pelo mercado de trabalho, a área passa por uma reestruturação do seu modo de atuação, priorizando o bom atendimento aos clientes e a resolução dos problemas apresentados.

 

As principais vantagens no atendimento de telemarketing são a interatividade entre o atendente e o cliente, o controle do processo de atendimento, a abrangência da cobertura do atendimento (um funcionário baseado no Rio Grande do Sul pode atender a um cliente que mora no Ceará) e a velocidade do atendimento (um operador de Telemarketing pode efetuar 70 contatos, já o vendedor de campo pode, em média, visitar 12 clientes).

Os requisitos básicos para preencher uma vaga de emprego na área são o Ensino Médio (em curso ou completo), familiarização com o mundo da internet (o atendente pode ter que lidar com diferentes programas e softwares, dependendo da solicitação do cliente ou perfil da empresa) e boa comunicação interpessoal, para atender as dúvidas ou pedidos do cliente de forma cortês e educada.

A seleção normalmente consiste em uma prova para testar os conhecimentos do candidato nas matérias de português, matemática e informática. Ao ser aprovado nesse processo seletivo, o funcionário começa então a passar por um treinamento (com duração determinada por cada empresa) para que o novo empregado se familiarize com a política de atendimento da empresa e aprenda a dominar os programas de computador que serão utilizados durante o atendimento.

O diferencial do Telemarketing é que ele tanto pode servir como uma forma de transição na vida profissional – em que o jovem permanece até definir qual caminho deseja percorrer no mercado de trabalho -, como se tornar, de fato, o campo de atuação do empregado, que então fará cursos de capacitação com o objetivo de aprofundar seus conhecimentos na área.

Foto: gcoldironjr2003 no Flickr

2 Comments

  1. katia luciane mateus da silva lira

    16 janeiro, 2012 at 5:20 pm

    trabalhava na vidax ,fiquei sete meses .gostaria de uma outra oportunidade;

    Reply

  2. Daiani aparecida de Oliveira

    27 março, 2012 at 6:02 pm

    Gostairia muito de ter a primeira chance para entra no mercado de trabalho . Agradeçida.
    Obrigada.
    Boa noite.

    Reply

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Quer se tornar um trabalhador temporário?

Mesmo que adotado por um número pequeno de pessoas no Brasil, o trabalho temporário é uma …