Home Dicas para o trabalhador Trabalho temporário e efetivo

Trabalho temporário e efetivo

4 min read
0
Um trabalho temporário pode ser eficaz se tivermos vontade e esforço de cada dia

O trabalho temporário é bastante procurado pelos jovens e disponibilizado por diversas lojas de vendas nos mais diversos segmentos, principalmente moda e calçado em shoppings. Confira alguns conselhos sobre como transformar o trabalho temporário em efetivo

No final do ano a demanda por presentes de natal aquece fervorosamente o comércio nacional, momentos onde os empreendedores precisam de maior mão-de-obra para atender com mais qualidade o consumidor que está disposto a gastar parte do seu 13º salário. Contudo, quando acaba a alta temporada muitos voltam a ficar desempregado.

O passo crucial é a dependência. Tente sempre inovar e ser bastante empenhado na atividade de uma forma tão qualitativa que o setor ou a empresa não consiga prosseguir adiante sem as melhorias que só você pode realizar.

Claro que vender bem causa alegria, contudo quem está sempre sorrindo, conquistando afeto de clientes ou reformulando os processos e formas de como executar as tarefas, são ainda mais notados pelo verdadeiro carisma.

De fato, a maior parte da efetivação está englobada mais no verdadeiro esforço do candidato do que na predisposição do chefe em contratar. O desempenho nas tarefas explicitará nível de objetividade que o funcionário temporário possui para com a organização.

“Se ele sabe demonstrar um produto, sabe promover a gestão que a loja quer levar, tem postura profissional, proatividade e se destaca nessa performance, certamente será convidado a ficar na empresa. Agora, se ele é um profissional que encara o trabalho temporário apenas como uma receita adicional, esporádica, temporal, naturalmente não vai ser contratado”, analisa Fernanda Della Rosa, diretora da Assessoria Econômica da Fecomércio (Federação do Comércio do Estado de São Paulo).

A disponibilidade de vagas imediatas é bem maior no mês de dezembro, contudo as vendas sempre oscilam em quase 30% entre os meses de novembro, dezembro e janeiro. Os donos não se sentem seguros, somente quem realmente brilhar no período vai ser contratado. Por isso que os que almejam ficar devem preencher completamente tudo o que a empresa espera.

O desempenho e a humildade, misturadas juntas formam a melhor solução para ser efetivado e tirar o pé da lama (tanto com a equipe toda como com qualquer espécie de cliente).

A melhor forma de procurar uma vaga temporária é pela internet. Por volta de outubro elas começam a aparecer em variados sites de emprego. Fique atento com as chances divulgadas pelo euquerotrabalho.com, o melhor site informativo sobre trabalho da web brasileira.

Foto: 姒儿喵喵 no Flickr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…