Home Vagas de emprego #Vagas: Operador de Caixa na Assaí Atacadista em Brasília

#Vagas: Operador de Caixa na Assaí Atacadista em Brasília

2 min read
0
Vagas para Ensino Médio completo no Grupo Pão de Açúcar
Vagas para Ensino Médio completo no Grupo Pão de Açúcar

Especialista em abastecer comércios de pequeno e médio porte, o Assaí Atacadista está entre as líderes dentro deste mercado extremamente concorrido. Não existe nenhum limite para realizar as compras. Promoções podem ser consumidas sem nenhum tipo de burocratização. São 60 lojas espalhadas por todo território nacional. São mais de nove mil itens antagônicos disponíveis para os mais variados perfis comerciais ou até mesmo residenciais. Há 36 anos oferece produtos relacionados com o varejo sem nenhuma distinção entre os clientes. Ótima oportunidade para crescer dentro de uma empresa que pertence ao Grupo Pão de Açúcar. Assaí Atacadista oferece vaga para ensino médio completo em Brasília. Atuação como Operador de Caixa.

Pré-requisitos:

  • Ensino médio completo
  • Conhecimentos elementares do Pacote Office
  • Residir próximo ao Lago Sul.
  • Conta com horário de trabalho favorável para quem ambiciona trabalhar de tarde: Das 14h às 22h20. A escala de trabalho acontece em 6×1. No itinerário é necessário fazer operações de caixa, execução de atendimento padrão e auxiliar na organização dos produtos.
  • Experiência com operações de caixa

Salário e benefícios:

  • Renumeração complacente com a oferecida no mercado
  • Vale Transporte
  • Alimentação no local
  • Assistências (Médica e Odontológica)
  • Seguro de vida

Candidatura: Realizada apenas no site oficial do Assaí Atacadista, mesmo local onde foi divulgada a vaga.

Mais vagas no Grupo Pão de Açúcar:
Analista de Planejamento Sênior em São Paulo.
Analista Comercial Pleno em São Paulo.
Atendente de Loja em São Paulo.
Fiscal de prevenção em supermercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Check Also

Despedidos sem justa causa e combate ao trabalho infantil

A Convenção n. 158 da Organização Internacional do Trabalho afirma que um funcionário R…